Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Grupo Claricena, de artistas egressos da SP, estreia experimento cênico digital inspirado em texto de Clarice Lispector na próxima sexta, 29

Foto: Gustavo Belschansky

Estreia na próxima sexta-feira, 29, o experimento cênico audiovisual Mulher Nenhuma Cabe Dentro de um Apartamento, do Grupo Claricena, fundado por artistas egressos da SP Escola de Teatro. A obra é inspirada no texto A Pecadora Queimada e os Anjos Harmoniosos, de Clarice Lispector, e mergulha na estética e universo da escritora. A peça será transmitida via Whatsapp nos dias 29 e 30 de julho, 5 e 6 de agosto, sextas e sábados, sempre às 19h e 21h. Os ingressos são gratuitos e podem ser reservados através da plataforma Sympla.

No foco da montagem está Irene, mulher vibrante em busca de sua liberdade que se vê às voltas da impossibilidade de realizar seus desejos, seja por controle alheio, por impedimento de mobilidade ou mesmo por sua condição determinante: é ela uma mulher e nenhuma cabe dentro de um apartamento.

Com encenação de Anderson Vieira, dramaturgia de JulIa Balista e dramaturgismo de Barbara Esmênia, o espetáculo é encenado em tempo real e tem como ponto de partida único texto teatral de Clarice. Em cena, os intérpretes-criadores Amara Hartmann, Emmerson Leão, Fernanda Heitzmann, May Oliveira e Nathiaga Borges utilizam vários recursos do WhatsApp, como áudios, textos, fotos e vídeos para transpor todo o universo de um espetáculo teatral para a linguagem do aplicativo de mensagens.

Mulher Nenhuma Cabe Dentro de um Apartamento atualiza as violências cometidas contra mulheres e a abordagem midiática em torno de tais casos. “Afinal, com tanta produção de notícias, como aprofundar o debate e gerar reflexões críticas em meio a uma produção mais interessada nas manchetes e imediatismo ao invés do combate para o fim destas violências?”, questiona o encenador Anderson Vieira.

O coletivo também se debruçou em materiais documentais audiovisuais, como o curta-metragem Quem Matou Eloá?, dirigido por Lívia Perez; a série documental The Keepers, que mostra a cobertura documental e jornalística da morte de uma freira em uma comunidade cristã e patriarcal; El Caso Alcàsser, sobre a espetacularização da morte de três mulheres em um programa de grande audiência televisiva e Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy, uma série que narra os casos de feminicídio envolvendo Ted Bundy, um assassino altamente glamourizado pela mídia estadunidense.

“Pensando no alcance e possibilidades audiovisuais, precisávamos de uma ferramenta viável, acessível, com mecanismos já compreendidos pelo espectador e com forte poder de compartilhamento de informações em meio a uma pandemia global. Sendo assim, chegamos ao WhatsApp, que se tornou fundamental para a execução desta obra”, conta Anderson.

Grupo Claricena

Fundado em 2013 com intuito de realizar montagens cênicas inspiradas nas obras da autora Clarice Lispector, inicialmente, o coletivo se consolidou como um grupo de pesquisadores de teatro e audiovisual. Foram três espetáculos baseados na literatura da autora: Espectro (2014) inspirado no texto A pecadora queimada e os anjos harmoniosos; Granja dos Corações Amargurados (2015) baseado no conto O ovo e a galinha e Adeus, Clarice! (2016-2017). Atualmente, o grupo conta com dois projetos audiovisuais em andamento, a websérie SOBREVIVER é a salvação pois parece que viver não existe (2020), disponível no Youtube, e o projeto Uma experiência Transmidiática com Clarice Lispector, que materializa uma experiência no aplicativo do WhatsApp, uma obra audiovisual constituída por artistas dissidentes, jovens, mulheres, pessoas pretas, periféricas ou em vulnerabilidade social (Contemplado pelo edital PROAC36/2021, Artistas iniciantes). O Claricena vem traçando sua trajetória em São Paulo desde 2019, de forma remota, com pesquisadores de diferentes estados brasileiros que desejavam se dedicar a investigações acerca do universo da escritora no teatro, com a orientação de Anderson Vieira em parceria com a Núclea de produção TRANZBORDE.

Serviço

Mulher Nenhuma Cabe Dentro de um Apartamento
Data: 29 e 30 de julho, 5 e 6 de agosto, sextas e sábados às 19h e 21h.
Transmissão via WhatsApp.
Ingressos:  Gratuitos via Sympla
Classificação: 14 anos

Ficha técnica

Encenação Audiovisual: Anderson Vieira | Dramaturgia:  JulIa Balista | Dramaturgismo: Barbara Esmênia | Intérpretes-Criadores: Amara Hartmann, Emmerson Leão, Fernanda Heitzmann, May Oliveira e Nathiaga Borges | Produção Geral: Mariana Nunes | Assistência de Produção: Fernanda Heitzmann |  Direção de Arte e Design: Suane Monteiro | Técnico de Transmissão e Contrarregragem: David Oliveira | Assessoria de Imprensa:  Nossa Senhora da Pauta | Provocação em Lives:  Anderson Vieira, Canafistula Lima, Fernanda Heitzmann, Mariana Nunes, Oru Florydo e Tarcila Tanhas | Comunicação Geral e Social Media: Anderson Vieira | Realização: Grupo Claricena | Comunicação: Teatro Já! | Apoio: Núclea TRANZBORDE.

 




Posts Archives

Grupo Claricena, de artistas egressos da SP, estreia experimento cênico digital inspirado em texto de Clarice Lispector na próxima sexta, 29

Posted on

Estreia na próxima sexta-feira, 29, o experimento cênico audiovisual Mulher Nenhuma Cabe Dentro de um Apartamento, do Grupo Claricena, fundado por artistas egressos da…

Read more

Agenda Cultural: As melhores dicas para o seu fim de semana!

Posted on

  Toda sexta-feira você confere no site da SP Escola de Teatro as melhores dicas culturais para seu fim de semana, entre peças de…

Read more

Daniel Pires, estudante de atuação SP, protagoniza peça multiplataforma que provoca o público com textos de Fernando Pessoa e Clarice Lispector

Posted on

Daniel Pires, estudante de atuação da SP, convida a todes, todas e todos para assistirem à estreia da peça Infinitivo, veiculada digitalmente nesta sexta-feira,…

Read more

Anderson Vieira, artista egresso da SP, dirige websérie em homenagem a Clarice Lispector

Posted on

Anderson Vieira, formado em direção na SP Escola de Teatro, dirige o episódio “Sobretudo sobre Nada”, o sétimo da websérie “Sobreviver pois parece que…

Read more

Diretor formado pela SP realiza obra audiovisual em homenagem a Clarice Lispector

Posted on

Na próxima quinta-feira, 10, às 20h, o Grupo Claricena lançará um novo capítulo da websérie “Sobreviver é a salvação pois parece que viver não…

Read more

Confira as 11 minibiografias da série Grandes Dramaturgos da SP Escola de Teatro

Posted on

Entre fevereiro e março de 2021, a equipe de comunicação da SP Escola de Teatro homenageou, com minibiografias, grandes dramaturgos do teatro mundial, fundamentais…

Read more