EN | ES

Itaú Cultural recebe Denise Stoklos em peça voltada a textos de Clarice Lispector

Publicado em: 08/02/2024 | por: Comunicação SPET

Denise Stoklos em "Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos", em apresentação de 2024 no Itaú Cultural.

Denise Stoklos em “Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos”, em apresentação de 2024 no Itaú Cultural. | Foto: Divulgação/Leekyung Kim

O Itaú Cultural recebe de 15 a 25 de fevereiro (sempre de quinta-feira a domingo), no palco da Sala Itaú Cultural, a atriz e diretora paranaense Denise Stoklos com o espetáculo “Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos”.

Com direção de Elias Andreato e dramaturgismo de Welington Andrade, trata-se do encontro da obra de uma das maiores escritoras brasileiras com o teatro essencial criado por Stoklos, o qual é construído sobre as relações reflexivas, que se dão dentro de uma dimensão temporal específica.

As apresentações são gratuitas, como toda a programação do Itaú Cultural. Os ingressos são disponibilizados a partir do dia 7 de fevereiro, e devem ser reservados pela plataforma INTI.

A relação de Denise Stoklos com a obra de Clarice Lispector é antiga. Nos palcos, a primeira provocação aconteceu há anos, quando o diretor, autor e ator Fauzi Arap (1938-2013) a convidou para criar um espetáculo a partir de textos de Clarice Lispector, de quem ela já era uma dedicada leitora desde os 17 anos. Mas a materialização do projeto aconteceu, de fato, em 2020, com a estreia de Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos, espetáculo que foge das teatralidades convencionais e faz uma investigação radical a respeito de como seu corpo, voz e emoção expressam o indizível da palavra literária de Clarice, como no conto A quinta história, no romance A paixão segundo G.H. e na crônica Vergonha de viver, entre outros.

Este percurso, que vai da negação à constituição do sujeito, é pontuado por canções que ficaram conhecidas na interpretação de Elis Regina, a exemplo de Meio-termo (Lourenço Baeta e Cacaso) e Os argonautas (Caetano Veloso). Em cena, Denise faz uso de materiais dramatúrgicos para que figuras como Clarice Lispector chegue para o público através de seu corpo e sua voz.

Assim, Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos é uma espécie de recital marcado pelas tensões da tragédia e da comédia, assim como o encontro de sua intensidade cênicas com a palavra de uma escritora cuja linguagem é essencialmente dramática. A voz de Elis Regina se junta a esse encontro. Três mulheres ligadas pelo

destino artístico. Três mulheres-criadoras que não podem se encontrar fisicamente, mas que estarão juntas durante o período do espetáculo.

Paixões antigas

Desde os 17 anos Denise Stoklos é uma dedicada leitora da obra de Clarice Lispector, escritora com a qual viveu um episódio particular no final da década de 1960, quando contribuía para o jornal do diretório acadêmico da Faculdade de Jornalismo da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, onde estudava.

O fascínio pela escritora levou Denise ao Rio de Janeiro, onde descobriu o endereço de Clarice na lista telefônica. A então estudante ligou para a casa da autora de um telefone público embaixo do prédio, e a própria Clarice atendeu. Ela lhe pediu uma entrevista e a escritora mandou que subisse.

Mas depois das primeiras perguntas, Clarice Lispector disse à jovem estudante: “Você não veio me entrevistar, você veio me conhecer, não é? Então, deixe de lado a caneta e o bloco de anotações e vamos conversar”.

Segundo Denise, do encontro ficou imortalizada a imagem de uma mulher fascinante, ucraniana, igual as suas origens. E uma década mais tarde, a atriz diz que se sentiu naturalmente incluída na referência feita pela escritora em sua última entrevista, concedida à TV Cultura, de que jovens leitoras compreendiam melhor sua obra do que os especialistas.

+ “TODO” estreia no Teatro de Arena Eugênio Kusnet em 22/2

+ Peça “O Estranho Atrás da Porta” estreia em 16/2 na SP Escola de Teatro

Ficha Técnica

Concepção e Interpretação: Denise Stoklos
Direção: Elias Andreato
Dramaturgismo: Welington Andrade
Textos: Clarice Lispector
Canções: Elis Regina
Iluminação: Aline Santini
Espaço Cênico e Figurino: Thais Stoklos Kignel
Fotos: Leekyung Kim
Assistente de Direção/operação de som: Cristina Longo
Segundo Assistente: Wallace Dutra
Cabelo: Eron Araújo
Operação de Luz: Maurício Shirakawa
Diretor de Produção: Ederson Miranda
Assistente de Produção: Sofia Gonzalez
Produção Geral: Mira Produções Culturais

SERVIÇO

Espetáculo Abjeto – Sujeito: Clarice Lispector por Denise Stoklos
De 15 a 25 de fevereiro (sempre de quinta-feira a domingo)
De quinta-feira a sábado, às 20h, e domingos e feriados, às 19h
Na Sala Itaú Cultural (Piso Térreo)
Capacidade: 224 lugares
Duração: 65 minutos
Classificação indicativa: Livre
Entrada gratuita. Reservas de ingressos a partir do dia 7 de fevereiro, através plataforma INTI – acesso pelo site do Itaú Cultural www.itaucultural.org.br




Relacionadas:

Notícias | 01/ 03/ 2024

Espetáculo “No Banheiro Sujo de Um Bar Qualquer” estreia na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 29/ 02/ 2024

Leitura dramática “CAMILO” acontece em 4/3 na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 29/ 02/ 2024

Grupo 59 apresenta “Um Dia, Um Rio”, premiado espetáculo sobre desastre ambiental na Bacia do Rio Doce

SAIBA MAIS