Centenário Paulo Freire: Carta a Paulo Freire, por Ingrid Dormien Koudela

Neste domingo, 19, o patrono da educação brasileira, Paulo Freire, faria 100 anos. O trabalho e legado do pensador transformou o ensino no país e norteou milhares de professores aqui e no resto do mundo. A  pedagogia da autonomia, proposta por ele, é um dos alicerces da SP Escola de Teatro, segundo o qual “quem ensina aprende ao ensinar, e quem aprende ensina ao aprender”, em sincronia com a visão dialética de suas propostas educativas.

Iniciando a celebração deste importante centenário, a SP Escola de Teatro publica uma carta da escritora, tradutora e professora livre-docente de didática e prática de ensino em artes cênicas da ECA/USP Ingrid Dormien Koudela.

Ela é considerada uma das figuras centrais no estudo da didática do teatro, traduziu toda a obra de Viola Spolin para o português e ganhou espaço como a principal desenvolvedora do sistema de jogos teatrais e do pensamento dessa autora e diretora especialista em teatro improvisacional. Também é especialista nas peças didáticas de Bertolt Brecht e introduziu, na década de 80, o sistema de jogos teatrais no Brasil. Além de todo esse ilustre currículo, foi também uma aluna aplicada do educador.

“A importância de Paulo Freire é inegável. Tanto no Brasil como a nível internacional nosso filósofo traz ensinamentos que além de serem marcos na Pedagogia e Didática são urgentes em nossos dias. A comemoração do centenário está propiciando uma ampla divulgação de sua obra entre leigos e especialistas. Viva Paulo Freire!”, ressalta Ingrid.

Confira a seguir a carta na íntegra:

Querido Paulo Freire,

Nós, que aqui estamos, somos cada vez mais isolados, fragmentados, solitários. O exercício do aqui/agora, na parceria de jogo, é virtual. Acertar o cesto com a bola ou marcar gol é no Game! Assistimos pela TV, ouvimos pelo Rádio, o Podcast, no Smartfone ou Desktop temos Podcast,Youtube, E-mail.

Em cada encontro na Internet, experimentamos novos desenlaces. E vamos construindo memórias coletivas nas gravações das Lives.

Já estamos na ¨Escola Alegre¨ que o Senhor anunciava, onde a há uma relação dialógica entre docentes e discentes.
Acontece aqui a Lustige Arbeit (Trabalho Alegre) – como Bertolt Brecht gostava de denominar o Theaterspiel (Jogo Teatral).

Essa prática de ensino não seria urgente na escola brasileira hoje.

Não, querido Paulo Freire, não! Quanta falta o Senhor nos faz! Entidades burro-cráticas e desgovernos proíbem escolas alegres.

Aonde ficou a gostosura da arte?

Apesar da pandemia, na qual quase morremos todos, por descuido com a Terra, novos espaços de jogo e de teatro foram abertos. São ilhas de desordem no mar de nossa ordem social!

Espero escrever em breve sobre o fim dos tempos obscuros que vivemos.
Até lá com um grande abraço

Ingrid Dormien Koudela




Posts Archives

Centenário Paulo Freire: Carta a Paulo Freire, por Ingrid Dormien Koudela

Posted on

Neste domingo, 19, o patrono da educação brasileira, Paulo Freire, faria 100 anos. O trabalho e legado do pensador transformou o ensino no país…

Read more

É HOJE! SP debate o legado do modernismo na cena artística atual no Web-Seminário Cenas Modernas: 1922 e Além

Posted on

SP Escola de teatro debate o legado do modernismo na cena cultural contemporânea Ideário moderno, caminhos contemporâneos do teatro, da arte e da cultura…

Read more

Anderson Vieira, artista egresso da SP, dirige websérie em homenagem a Clarice Lispector

Posted on

Anderson Vieira, formado em direção na SP Escola de Teatro, dirige o episódio “Sobretudo sobre Nada”, o sétimo da websérie “Sobreviver pois parece que…

Read more

Centenário de Ruth de Souza é celebrado nesta quarta-feira com homenagem do Google

Posted on

Há exatos 100 anos nascia a grande atriz brasileira Ruth de Souza. Nesta data marcante para as artes brasileiras, a artista foi homenageada com…

Read more

Mesa de discussão celebra o centenário de Cacilda Becker com convidados especiais

Posted on

Acontece nesta terça-feira, 20, às 19h30, a mesa de discussão Centenário Cacilda Becker: Heranças de uma Personagem Histórica do Teatro Brasileiro, no Youtube da…

Read more

Inez Viana dirige Claudio Mendes em espetáculo que celebra centenário de Antônio Maria

Posted on

Inês Viana dirige Claudio Mendes no espetáculo Maria!, que conta a trajetória do cronista, poeta, compositor e comentarista Antônio Maria, personagem marcante na história…

Read more