Série Grandes Dramaturgos: Anton Tchekhov

Publicado em: 02/03/2021

Nesta terça-feira, 02, a SP Escola de Teatro apresenta mais uma minibiografia da série Grandes Dramaturgos da história do teatro mundial. São eles que criam as histórias, têm as ideias e dão vida e movimento para os personagens e narrativas que encantam todas e todos que se apaixonam pelas artes do palco.

Na lista, há imortais como William Shakespeare, mas também outras mentes brilhantes, como Leilah Assumpção, menos conhecida do grande público.

Série Grandes Dramaturgos: Leilah Assumpção

Hoje, celebramos o eterno Anton Tchekhov, um dos maiores dramaturgos e contistas de todos os tempos.

Anton Tchekhov

Anton Pavlovitch Tchekhov nasceu em janeiro de 1860 em Taganrog, cidade portuária a quase 1000km de Moscou. Filho de cristãos ortodoxos, teve uma educação muito rígida e uma vida humilde na infância e adolescência, já que seu pai, marceneiro, perdeu todo o dinheiro que economizou.

Em 1879, mudou-se para Moscou e, em 1882, ingressou na Faculdade de Medicina, mas virou o principal mantenedor da família escrevendo crônicas e artigos para jornais da cidade e de São Petersburgo.

Série Grandes Dramaturgos: Consuelo de Castro

Já médico formado, em 1890 partiu para a Ilha Sacalina, no leste da Rússia, onde permaneceu durante cinco meses. Em seu retorno, viajou por várias regiões do país, onde pôde conhecer mais sobre a sociedade e cultura de sua nação.

A partir daí, começou a escrever grandes obras, como os contos A Dama do Cachorrinho e O Homem do Caso e as peças Ivanov, A Gaivota e o Urso.

Após a produção de A Gaivota pelo teatro de arte de Moscou, escreveu três outras peças para a mesma companhia: Tio Vânia, As Três Irmãs e O Jardim das Cerejeiras. Esses 3 espetáculos formaram o ambiente para a fundação do Teatro de Arte de Moscou, em 1898, sob o signo do impressionismo.

Série Grandes Dramaturgos: Plínio Marcos

Tchekhov morreu em maio de 1904 vítima de tuberculose. Celebrado como um dos maiores dramaturgos de todos os tempos, influenciou outros grandes autores, como James Joyce, Virginia Woolf, Tennessee Williams e Ernest Hemingway.




Relacionadas:

Notícias | 28/ 09/ 2021

Seminário Cenas Modernas: 1922 e além tem Zé Celso entrevistado por Letícia Coura em encontro nesta quarta, 29

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 09/ 2021

Série Grandes Sonoplastas: Wilson Sukorski

SAIBA MAIS

Notícias | 27/ 09/ 2021

Centenário Paulo Freire: Educação como prática da liberdade, por Ueliton Alves

SAIBA MAIS