EN | ES

Palco e memória

Publicado em: 20/12/2019

De mágica a mapeamento de vídeo, passando pela direção de arte, comunicação cultural e crítica teatral. Em 2019, seguindo a vocação de democratizar o acesso à formação artística, a SP Escola de Teatro ofereceu cerca de 30 cursos de extensão cultural, mobilizando centenas de participantes — artistas profissionais, amadores e também a comunidade em geral. Tudo gratuito e acessível a todos.

Espaço de formação por excelência, a Escola também abriu as portas para 18 espetáculos, que cumpriram temporada nas salas Alberto Guzik, Vange Leonel, Antonio Pompêo e Hilda Hilst, na unidade Roosevelt, além de apresentações artísticas, debates e lançamentos de livros, em Território Culturais, tanto na Roosevelt, quanto na unidade Brás.

VEJA MAIS:
>> Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez lançam ‘Todos os Sonhos do Mundo’
>> SP Escola de Teatro cria programação especial no mês da Consciência Negra
>> Com classificação livre, “Príncipe Crioulo” entra em cartaz na sede Roosevelt
>> SP Escola de Teatro recebe programação do festival Sem Barreiras

Entre os destaques da programação especial deste ano está a inauguração do Acervo Antonio Abujamra, em maio. Em uma sala individual projetada pelo cenógrafo JC Serroni, no Brás, foi acomodada a coleção pessoal do ator e diretor, morto em 2015. Mais de 10 mil objetos estão disponíveis à visitação e consulta, incluindo cerca 760 CDs, 720 DVDs, 5.400 livros e 3.100 peças de vários autores. O evento de lançamento do acervo contou com a presença dos familiares e amigos de Abujamra.

Outros números de 2019:

Dados atualizados até setembro de 2019.