EN | ES

TBT: Mestre Tião apresenta brincadeiras e danças populares na sede Brás da SP, em 2019

Publicado em: 12/05/2022

Em 2019, os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro tiveram um encontro especial com o cantor, compositor, ator e produtor, que é expoente de disseminação da cultura popular de matriz africana no Brasil, Tião Carvalho. A visita aconteceu para comemoração do início das aulas, e também contou com a presença de Zeca Baleiro.

Estudantes de direção da SP participam do Theatreffen, maior festival de teatro em língua alemã do mundo, sediado em Berlim

O encontro foi descontraído, cheio de dinâmicas em grupo e brincadeiras, e através das atividades o artista levou os participantes ao universo das danças tradicionais do nordeste brasileiro. Os estudantes dançaram em roda e brincaram ao som de cantigas o Cacuriá, que surgiu da tradição junina do Divino Espírito Santo:

“O objetivo foi trazer para os corpos dos estudantes esse mundo de brincadeiras, procurando mostrar como, às vezes, a gente foge das coisas simples da vida hoje em dia”, comentou o artista.

SP Escola de Teatro promove ateliê de escrita física e poética para estudantes do ensino médio do Brás; confira!

Na época, o tema do material de estudo do semestre era o imaginário da infância, portanto, a reflexão e discussão trazida a partir das experiências coletivas se alinharam com os questionamentos propostos.

Nascido no Maranhão, o Mestre Tião é fundador do Grupo Cupuaço, que atua no Morro do Querosene, em São Paulo, e pesquisa e realiza apresentações sobre músicas e danças populares nordestinas. Durante a conversa com os estudantes, o artista falou sobre suas relações com manifestações artísticas como o Bumba-Meu-Boi e o Cacuriá, além de compartilhar um pouco mais de sua trajetória. Tião iniciou sua atuação artística colaborando com a montagem da peça Saltimbancos ao lado de Aldo Leite, e o espetáculo mesclava cultura popular de origem afro-brasileira com elementos da cultura europeia.

Biblioteca SP: Saiba mais sobre a obra Torto Arado, livro nacional mais vendido em 2021 e que virará peça de teatro e série na HBO

No entanto, desde criança Tião já tinha uma relação próxima com música, participando de rodas de choro e samba que aconteciam com frequência em sua cidade natal. Ele comentou que nasceu envolto nessa cultura popular, da qual muitos aspectos foram incorporados em seus trabalhos mais tarde. Segundo o cantor, a tradição por lá permanece resiliente mesmo após as muitas mudanças do mundo contemporâneo:

“A gente atribui o enfraquecimento de tradições à chegada das tecnologias, mas a cultura é forte, nós somos os vulneráveis ao que é novo”.

Confira como foram as brincadeiras com os estudantes:




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS