EN | ES

Estudantes de direção da SP participam do Theatreffen, maior festival de teatro em língua alemã do mundo, sediado em Berlim

Publicado em: 11/05/2022

Nesta semana, Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro, Rodolfo García Vázquez, coordenador de direção da instituição, e dois estudantes de direção, Dennis Zapater e Mauro Gil, chegaram à Berlim para o maior festival de teatro em língua alemã do mundo, o Theatertreffen. Nos próximos 6 dias, o grupo participa de workshops, palestras e apresentações do evento, assim como da cerimônia de encerramento do projeto Alexandria Nova 2019-2022.

SP Escola de Teatro promove ateliê de escrita física e poética para estudantes do ensino médio do Brás; confira!

Promovido pelo programa Erasmus desde 2019, o projeto de intercâmbio Alexandria Nova reúne universidades de 6 países europeus (Alemanha, Lituânia, Islândia, Noruega, Suécia e Finlândia) e a SP Escola de Teatro, a única instituição de fora da Europa a ser convidada.

O Mauro Gil, que se formou na instituição em 2021, comentou sobre suas expectativas com o evento e comemora essa oportunidade, proporcionada pelo setor de Projetos Internacionais da escola:

“Para mim está sendo incrível, é minha primeira viagem sozinho e ainda estou representando a SP. Espero que a conexão entre países permaneça e que a troca seja muito boa e divertida. Estou com o olhar aberto para aprender bastante com eles e levar pontos interessantes e novos para serem explorados.”

Biblioteca SP: Saiba mais sobre a obra Torto Arado, livro nacional mais vendido em 2021 e que virará peça de teatro e série na HBO

Para o artista, a experiência é completamente nova, mas também muito importante. Ele comenta que é necessário que existam mais oportunidades desse tipo, pois tal compartilhamento é muito enriquecedor:

“No Alexandria Nova, conversamos sobre as formas de prática e criação, e esse diálogo levou à caminhos muito interessantes. Conseguimos aprender bastante com eles e ensinar também, trouxemos pautas contemporâneas que já pesquisamos no teatro há algum tempo, mas são pouco pesquisadas na Europa”.

Dennis e Mauro também estão visitando a Hochschule für Schauspielkunst Ernst Busch, prestigiada universidade de artes cênicas sediada na capital alemã e, além de conhecerem o espaço, participam de workshops exclusivos, conhecem colegas do Alexandria Nova e estudam mais sobre teatro. Ambos também participam do lançamento do livro For Direction : Rethinking Theatre Directing Practices and Pedagogies In The 21st Century (Um Olhar para a direção: repensando as práticas e pedagogias de direção teatral no século XXI), lançado durante o festival e com um ensaio de Rodolfo Garcia Vázquez sobre teatro decolonial.

1º encontro do Cineclube SP Alma no Olho emociona participantes com filme premiado sobre vivências trans; confira como foi o evento

No texto, intitulado the Decolonial Directing Approach, o coordenador apresenta a linha de pesquisa que vem sendo trabalhada a partir da prática e teoria aplicada nas montagens do grupo de teatro Os Satyros desde 1989. Além disso, ele faz um panorama do teatro paulistano e de expoentes importantes da história cultural de São Paulo. Ademais, são trazidas questões de gênero, raça, classe social e a relação entre colonizador, colonizado e o empoderamento de grupos vulneráveis no processo criativo teatral.




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS