EN | ES

Série Grandes Sonoplastas: Daniel Maia

Publicado em: 08/10/2021

Foto: Bob Sousa

A SP Escola de Teatro segue em sua série de minibiografias de grandes sonoplastas da história.

Na lista, há importantes nomes, como Paulo Herculano, Samuel Kerr e Tunica Teixeira.

Nesta sexta-feira, 08, nosso homenageado é o compositor e diretor musical, Daniel Maia; confira!

Daniel Maia:

O compositor, sound designer e ator mineiro Daniel Maia foi responsável pela criação de importantes produções musicais das últimas décadas e trabalhou com grandes diretores como Sônia Mota, Maria Thaís, Clarisse Abujamra, Lígia Cortez, Marcio Aurélio, entre outros.

Série Grandes Sonoplastas: Samuel Kerr

Nos anos 2000, quando foi radicado em São Paulo, atuou e criou arranjos para o espetáculo Ópera do Malandro, dirigido por Gabriel Villela, e em 2001 trabalhou com Chico Buarque de Holanda em Os Saltimbancos e Gota d’Água.

Foi um dos vocalistas no show Elba Ramalho Canta Luiz Gonzaga em 2002, mesmo ano que criou os arranjos do espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão – Fragmentos Amorosos, dirigido por Gabriel Villela, trabalho pelos quais recebeu os prêmios Sesc/Sated nas categorias Melhor Trilha Sonora de Espetáculo de Dança e Destaque Especial 12 anos em Trilha Sonora de Dança.

Série Grandes Sonoplastas: Fernanda Maia

Em 2005, compôs as trilhas de “Maratona de Nova York”, de Marcelo Lazzaratto, e “Peça de Elevador”, da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico.

Durante os próximos anos que se seguiram, Daniel participou de muitas produções para o teatro, televisão, dança e cinema, entre elas; Západ – A Tragédia do Poder, de Alessandro Toller, Newton Moreno e Luís Alberto de Abreu, para a Cia. Teatro Balagan; Os Cegos, de Michel de Ghelderode para a TV Cultura, ambos dirigidas por Maria Thaís; Os Infantis Era uma Vez um Rio e Veludinho, de Martha Pannunzio; Pelos Ares, de Pedro Guilherme, dirigido por Lavínia Pannunzio; Pedrinho Curuçá dirigido por Luciano Gentile; Soltando os Cachorros, baseado em textos de Hilda Hilst, Cassandra Rios e Marisa Raja Gabaglia, dirigido por Angela Barros; Os 39 Degraus, de Patrick Barlow, dirigido por Alexandre Reinecke; O infantil Admirável Nino Novo, texto e direção de Maurício Guilherme; O Rio, dirigido por Nelson Baskerville; A Fera na Selva, dirigido por Malú Bazán; Romeu e Julieta 80, dirigido por Marcelo Lazzaratto; A-Vós, espetáculo de dança da Cia. Nave Gris; Concerto para João, dirigido por Cassio Scapin, entre outros.

Série Grandes Sonoplastas: Tunica Teixeira

Um de seus trabalhos mais recentes é no Tectônicas, de Samir Yazbeck.




Relacionadas:

Notícias | 01/ 07/ 2022

Estudantes do curso técnico em teatro da SP apresentam a Mostra de Experimentos do 1º semestre de 2022

SAIBA MAIS

Notícias | 01/ 07/ 2022

Dinheiro Comunitário – A moeda que sobra para você é a que falta para alguém: saiba mais sobre a iniciativa!

SAIBA MAIS

Notícias | 01/ 07/ 2022

Agenda Cultural: As melhores dicas para o seu fim de semana!

SAIBA MAIS