Inscrições abertas: ‘Memória e história do circo – conceitos, trajetórias e fontes de pesquisa’

Publicado em: 22/10/2014

O novo curso gratuito de circo oferecido pela SP Escola de Teatro, que já está com inscrições abertas até 29 de outubro no portal da Escola, é “Memória e história do circo – conceitos, trajetórias e fontes de pesquisa”, coordenado por Verônica Tamaoki.

 

As aulas, que acontecem de 4 de novembro a 11 dezembro, de terças e quintas, das 19h às 22h, serão ministradas na Sede Marquês da SP Escola de Teatro (R. Marquês de Itú, 273) e no Centro da Memória do Circo, situado na Galeria Olido (R. São João, 473). Interessados em circo, história, história do circo, pesquisa, cenografia e artes gráficas formam o público-alvo.

 

Verônica Tamaoki (Foto: Ligiane Braga)

 

A proposta é fomentar o gosto pela pesquisa sobre a atividade circense junto à nova geração, incentivando o surgimento de novos pesquisadores que venham a dar continuidade ao levantamento da história do circo em nosso país. Também situar no tempo e no espaço a trajetória do circo moderno e das artes milenares que o compõem e, ainda, apontar e analisar fontes de pesquisa sobre o circo, como a música, imprensa e, principalmente, as geradas pelo próprio circo.

 

Na primeira etapa do curso será apresentado um panorama da história do circo moderno, com enfoque em sua trajetória no Brasil, assim como o conceito e contextualização das artes milenares reunidas no picadeiro do circo moderno. Na segunda, o curso irá se debruçar sobre fontes existentes para a realização de pesquisas sobre o circo, debruçando-se principalmente naquelas geradas pelos próprios circenses, pela imprensa, literatura e música. 

 

As aulas contarão com o apoio de projeção de imagens, filmes, audição de músicas, leituras de textos. Serão convidados dois pesquisadores: Cristina Band, que está finalizando o Dicionário do Circo Brasileiro, e Ayrton Mugnaini Jr, autor da pesquisa Música e Circo, além dos mestres circenses Amercy Marrocos, Marilia de Dirceu e o palhaço Chumbinho para compartilharem saberes do circo – figurino, gastronomia e arquitetura nômade.

 

A orientadora

Verônica estudou e graduou-se em artes circenses pela primeira escola de circo do Brasil, a Academia Piolin de Artes Circenses. Como equilibrista e malabarista, se apresentou em circos, teatros, eventos e festivais.

 

É autora do romance “O fantasma do circo”, edição Massao Ohno e Robson Breviglieri (2000), e, em coautoria com Roger Avanzi, do livro “Circo Nerino”, edição de Codex Editora e Pindorama Circus (2004) – indicado pelo Prêmio Jabuti na categoria reportagem e biografia. Foi curadora do núcleo de circo da 

 

Exposição “O Brasil de Pierre Verger” (2006), MAM – São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, e da exposição “Largo do Paissandu, onde o circo se encontra” (2008) e “Hoje tem espetáculo!”, ambas realizadas na Galeria Olido, São Paulo, SP, sendo que a última lhe rendeu o Prêmio Governador do Estado, categoria popular. É fundadora, curadora e coordenadora do Centro de Memória do Circo, da Secretaria Municipal de Cultura (SP), primeira instituição consagrada da memória do Circo na América do Sul.

 

> Outros sete cursos de circo estão com inscrições abertas

Relacionadas:

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS