EN | ES

Premiado musical ‘Bertoleza’ ganha nova temporada, gratuita, no Teatro Paulo Eiró

Publicado em: 16/04/2024 |

“Bertoleza” estará de volta aos palcos a partir de 18 de abril com entrada gratuita. O musical, que venceu o Prêmio APCA 2020 na categoria Melhor Espetáculo, ficará em cartaz no Teatro Paulo Eiró em uma curta temporada. Foto: Divulgação.

“Bertoleza” estará de volta aos palcos a partir de 18 de abril com entrada gratuita. O musical, que venceu o Prêmio APCA 2020 na categoria Melhor Espetáculo, ficará em cartaz no Teatro Paulo Eiró em uma curta temporada. Foto: Divulgação.

O musical “Bertoleza”, da Gargarejo Cia Teatral, volta ao Teatro Paulo Eiró em nova temporada. Com direção e músicas de Anderson Claudir, a peça adapta “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo, dando destaque à personagem Bertoleza, interpretada por Lu Campos.

As apresentações acontecem de 18 de abril a 12 de maio, de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 19h. Os ingressos são gratuitos e podem ser reservados online.

A peça estreou em 2020 e recebeu elogios do público e da crítica, ganhando o prêmio APCA de Melhor Espetáculo naquele ano.

Na trama, o personagem Romão propõe uma parceria à escrava Bertoleza, prometendo comprar sua liberdade. Eles constroem um pequeno império, mas Romão, ambicioso, busca mais poder. Envenenado pela inveja de Botelho, ele decide casar-se com Zulmira, filha de Miranda, um comerciante português. Para isso, precisa se livrar de Bertoleza, que luta para manter o que construíram juntos.

Sinopse

Adaptação musical de “O Cortiço” de Aluísio Azevedo, obra clássica da literatura naturalista brasileira, onde o protagonismo é invertido. A voz agora é de Bertoleza: mulher, negra e escravizada que se relaciona com João Romão, um português ambicioso e oportunista. “Bertoleza” é o dedo na ferida, é o nó expulso da garganta, a voz que pergunta: E a Bertoleza?

Serviço

Data: 18 de abril a 12 de maio
Horário: Quinta a sábado, 21h. Domingo, 19h
Local: Teatro Paulo Eiró

Endereço: Av. Adolfo Pinheiro, 765 – Santo Amaro, SP – São Paulo

Ingresso: Gratuito.
Espaço sujeito à lotação.

Ficha Técnica

Direção, adaptação, letras: Anderson Claudir
Dramaturgia: Anderson Claudir
Direção musical: Eric Jorge
Diretora de Produção: Andréia Manczyk
Preparação vocal: Juliana Manczyk
Design de som: Kleber Marques e Julia Mauro
Preparador de elenco: Eduardo Silva
Coreógrafa associada: Taciana Bastos
Cenografia e figurino: Dani Oliveira
Assistente de cenografia e figurino: Gabriela Moreira
Visagista: Victor Paula
Iluminação: Andressa Pacheco
Direção de movimento e coreografia: Emílio Rogê
Elenco: Lu Campos, Ali Baraúna, Taciana Bastos, Roma Oliveira, Cainã Naira, Palomaris, Edson Teles, Thiago Mota, Humberto Morais e Ágata Matos
Supervisão de Produção: Martina Sönksen
Projeto gráfico: João Paulo Botelho
Ilustrações: Luciano Cian
Coordenação de comunicação: Luiz Fernando Ferreira
Mídias sociais: Amanda Gomes
Tráfego: Clayton Rodrigues
Teaser: Oliver Tibeau, Gabriel Barão, André Peres e Teruo Gabriel Sakamoto Fotos: José de Holanda
Site: Junior Zinni
Relações Públicas: Motisuki PR
Produção: Gargarejo Cia.
Teatral Realização e Co-Produção: Instituto Brasileiro de Teatro

Relacionadas:

Notícias | 21/ 05/ 2024

Espetáculo solo de Aury Porto, “Meu Nome: Mamãe”, retrata o Mal de Alzheimer

SAIBA MAIS

Notícias | 16/ 05/ 2024

Peça do Coletivo Comum, “eXílio” reflete sobre os impasses das migrações contemporâneas

SAIBA MAIS

Notícias | 15/ 05/ 2024

Inspirada em obra de bell hooks, Mariana Nunes e Tati Villela estreiam “Amor e Outras Revoluções” em São Paulo

SAIBA MAIS