EN | ES

Estudantes bolsistas da SP oferecem oficinas de teatro gratuitas na biblioteca municipal Adelpha Figueiredo; saiba mais

Publicado em: 13/05/2022

A partir da próxima terça-feira, 17, a SP Escola de Teatro promove oficinas de teatro gratuitas na Biblioteca Pública Municipal Adelpha Figueiredo. O evento será intercalado entre terças-feiras, das 10h às 12h, e sextas-feiras, das 15h às 16h30, e quem ministrará as aulas serão quatro estudantes da linha de estudo de humor da instituição. As atividades irão propor uma mescla das experiências pessoais dos aprendizes com os ensinamentos adquiridos pelo tempo de estudo na escola, nessa conjuntura, a ação é orientada pelo Programa Oportunidades e pela Biblioteca da SP.

SP Escola de Teatro sedia debate sobre criação multidisciplinar e multicultural com artistas internacionais na próxima segunda, 16

A SP Escola de Teatro é uma instituição que prioriza o diálogo com o espaço cultural de seu entorno, a unidade Roosevelt foi pioneira na renovação do cenário artístico da praça Roosevelt, onde fica localizada. Foi pensando em incentivar essa interlocução na região do Brás, onde fica a outra unidade da escola, que a Biblioteca em conjunto com o Programa Oportunidades decidiram criar essa contrapartida com os estudantes bolsistas da ação cidadã, projeto que tem por objetivo aproximar estudantes secundaristas e transeuntes, em eventos que geralmente ocupam praças, avenidas e ambientes públicos, promovendo a integração com esse público.

Cia Os ZZZlots apresenta Sapathos, espetáculo sobre violência e preconceitos na sede Roosevelt da escola

Inaugurada em 1967, a Biblioteca Adelpha Figueiredo, com quem é feita a parceria, fica localiza no bairro do Pari e seu nome homenageia uma mulher que foi expoente da transformações e renovação das bibliotecas públicas em centros de cultura. No início de suas atividades, ela refletia muito do quadro político em vigor, a ditadura militar, por isso os eventos se centravam mais na comemoração de datas cívicas. Foi a partir dos anos 1980 que houve uma preocupação maior em propor a democratização da leitura, e em 1990 a Adelpha Figueiredo teve seu acervo renovado e, atualmente, a coordenação busca incentivar ações que pautem diversidade, inclusão e pluralidade, uma vez que a maior parte do público frequentador do espaço é composto de jovens afegãos, marroquinos e colombianos.

TBT: Mestre Tião apresenta brincadeiras e danças populares na sede Brás da SP, em 2019

Camila Araújo, Bibliotecária da SP Escola de Teatro, relatou como surgiu a ideia do projeto e da parceria com a biblioteca:

“Nós (Biblioteca e Programa Oportunidades) estamos cada vez mais engajados em criar ações que dialoguem com o território próximo da SP, como os espaços culturais e escolas, e que tenham uma interlocução com os estudantes da SP. Lançamos essa pergunta para os estudantes, fizemos uma deriva, um reconhecimento do território e, entre outros importantes achados, encontramos a Adelpha. Entramos em contato com a equipe de bibliotecários de lá e a ação foi construída a partir da necessidade do espaço, pensando o que podemos contribuir e o que podemos compartilhar juntos, num alinhamento da expertise e com o repertório dos estudantes, pensando no espaço da Adelpha, que é um espaço enorme que possibilita a realização de diversas atividades. Assim surgiu a ideia das oficinas de jogos teatrais com os estudantes que fazem parte do programa de contrapartida e esperamos que seja um sucesso e muito enriquecedora tanto para a equipe da SP como para o público que participará.”




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS