EN | ES

SP Escola de Teatro sedia debate sobre criação multidisciplinar e multicultural com artistas internacionais na próxima segunda, 16

Publicado em: 13/05/2022

Na próxima segunda-feira, 16, às 19h30, a SP Escola de Teatro e o Ministério Sem Fronteiras promovem a mesa de discussão Como criar multidisciplinar e multiculturalmente. O evento conta com a participação dos artistas Abel Garcia (Venezuela), Alicia Arteaga (Cuba), Maria Brighenti (Argentina) e Marian del Castillo (Panamá), e quem faz a mediação é o jornalista e coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais Miguel Arcanjo Prado.

Cia Os ZZZlots apresenta Sapathos, espetáculo sobre violência e preconceitos na sede Roosevelt da escola

Para os convidados, a criação multidisciplinar e multicultural compõe os aspectos que constituem a riqueza de uma obra. Diante disso, o grupo faz uso de suas diferentes experiências pessoais e culturais como artistas imigrantes para discutir as formas de sobrevivência das artes cênicas em seus respectivos países e no Brasil. Além disso, é proposto o questionamento sobre a natureza dessa riqueza que pode ser potencializada nessa sinergia.

O evento acontece de maneira híbrida e gratuita, com público presencial e transmissão simultânea através do canal do YouTube da Escola. Para participar, basta comparecer a unidade Roosevelt da SP (Praça Franklin Roosevelt, 210, Centro) e apresentar o passaporte vacinal na entrada.

Agenda Cultural: As melhores dicas para o seu fim de semana!

Abel Garcia (Venezuela) é um ator Licenciado em Cinema pela Universidad Central de Venezuela. Curso técnico de Encenação. Ditado pelo Orlando Arocha. La Caja de Fósforos.Caracas, Venezuela e Diretor Teatral formado na SP Escola de Teatro. São Paulo, Brasil.

Alicia Arteaga (Cuba) é uma Artista visual, cenógrafa, diretora de arte e design de figurino para audiovisual, teatro e dança. Licenciada em Estudos Socioculturais, pela Universidade de Havana com pós-graduação em História da Imagem e Modelagem e Padrão no Instituto Superior de Diseño Industrial de Havana.

Maria Brighenti (Argentina) é intérprete, arte educadora e diretora teatral. Diretora Teatral formada na SP Escola de Teatro, São Paulo, Brasil. Formada no Circo em NECCA no curso de Pedagogia Circense. New English Center for Circus Arts, USA. Com trabalhos destacados como intérprete em Kelly Bros Circus New Zealand. Labyrintho Sensorial “Telepherique” Bélgica, além de trabalhos como performer em Portugal e trabalhos pedagógicos no Uruguai, Argentina, Brasil e Nova Zelândia.

Marian del Castillo (Panamá) é cenógrafa, figurinista, artista aérea circense e performer. Formada em Cenografia pela Academia de Belas Artes de Bolonha, Itália. Com trabalhos destacados em Cirque du Soleil como assistente de direção na criação do espetáculo “Zarkana” e integrante da equipe de assistentes na Direção de Arte do filme “Cidade de Deus” para o Diretor de Arte Tulé Peake, Rio de janeiro Brasil.

Serviço:

Mesa de Discussão: Como criar multidisciplinar e multiculturalmente
16 de maio, segunda-feira, às 19h30
Aberto ao público com entrada gratuita – Praça Franklin Roosevelt, 210, Centro
Transmissão pelo YouTube da SP




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS