EN | ES

Teatro digital do Satyros na pandemia é elogiado e ganha destaque em artigo acadêmico da Finlândia

Publicado em: 14/02/2022

Foto: Divulgação.

A socióloga Sanna Ryynänen, professora na University of Eastern Finland, na Finlândia, escreveu um artigo para a revista Lumen, da Lapland University of Applied Sciences, falando sobre o trabalho do Satyros na pandemia.

Editada três vezes ao ano, a revista é uma publicação que tem o objetivo de divulgar o registro de artigos que promovam, em particular, a acessibilidade dos resultados das atividades da instituição, através de matérias científicas.

Novo espetáculo digital do Satyros aborda questões da geração Baby Boomer diante da era tecnológica

Intitulado “(Work) communality in the COVID-19 era”, em tradução livre, “(Trabalho) Senso de comunidade na era COVID-19”, o artigo fala sobre a utilização dos aplicativos de videoconferências (Zoom, Meets, Skype e etc) nos espaços de trabalho, onde a comunidade é o centro da discussão. A autora ressalta que nas apresentações do Satyros Digital a trupe criou uma forma de, espontaneamente, elaborar uma maneira desse encontro ocorrer e disserta como foram bem-sucedidas as empreitadas digitais do grupo ao longo destes quase 2 anos.

Foto: Divulgação.

Reabertura do Cine Bijou emociona Patrícia Pillar e Os Satyros em noite de celebração ao cinema nacional; confira!

No mundo, o Satyros foi o pioneiro do teatro digital e desde o início da pandemia não deixou de trabalhar em nenhum momento. Em 2020, a peça a Arte de Encarar o Medo, uma produção original e até então inédita do grupo, revolucionou o teatro brasileiro ao abordar um futuro distópico inspirado na pandemia de covid-19 e foi apresentada em quatro continentes, ganhou destaque na revista Time Out de Nova York e foi elogiada em jornais do mundo todo. O projeto teve montagens com atores de diferentes nacionalidades e foi visto por um público superior a 30 mil pessoas.

Cena do filme The Art os Facing Fear, com estreia prevista para esse ano. Foto: Divulgação.

Em 2022, espetáculo virará filme, produzido pela Satyros Cinema, e terá cenas nos seguintes países: Brasil, Portugal, Suécia, Cabo Verde, África do Sul, Senegal, Nigéria e Zimbábue.

Confira o artigo aqui.




Relacionadas:

Notícias | 29/ 06/ 2022

Performance documental Genderless – Um Corpo Fora da Lei estreia no dia 4 de julho na unidade Roosevelt da SP

SAIBA MAIS

Notícias | 29/ 06/ 2022

Colaboradores da Adaap e do Instituto Limpa Brasil realizam mutirão de limpeza da Praça Roosevelt; confira como foi!

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 06/ 2022

Tom Rezende, artista egresso de direção da SP, ganha prêmio de melhor direção por Lisístrata – O Voo das Andorinhas

SAIBA MAIS