Espetáculo musical Diálogos reconecta pessoas e conversas em tempos de ódio

Começa nesta terça-feira, 18, a segunda semana da Mostra Aldir Blanc na SP Escola de Teatro.

O espetáculo de hoje é o musical Diálogos, que cumpriu duas temporadas de sucesso em São Paulo em 2019. Agora, traz para o teatro digital a leveza, poesia e musicalidade do texto que se propõe a reconectar pessoas, simplificar questões, acalmar os ânimos, reestabelecer um território neutro para que haja conversas e trocas, mesmo que carregando opiniões divergentes.

“Vejo essa peça como uma luz no fim de um longo túnel, um caminho para ajudar a tirar um pouco do peso das coisas, um abraço longo. Essa talvez seja uma das maiores belezas das relações humanas. Servir de apoio. Ajudar. Mas para isso, precisamos nos conectar (ou reconectar). Por isso o título. Por isso fazer um bate-papo após o espetáculo. Por isso propor uma visão intimista, em que cada um possa ficar à vontade consigo mesmo e com seus fantasmas. Por isso confiar na força humana dos atores/atrizes e da arte para transformar”, comenta Bruno Narchi, dramaturgo, diretor e compositor das canções do espetáculo.

Estão em cena Carol Costa, Gui Leal, Thiago Machado, Vinícius Loyola e Zuba Janaina, cantando arranjos de Gui Leal e Vinicius Loyola para as composições de Bruno Narchi, responsável ainda pela dramaturgia e direção geral. A ficha técnica traz também Zuba Janaina na coreografia e movimentos, Fause Haten nos figurinos, além de participações especiais de Helena Zuba Inoka e Emília Zuba Inoka.

Na versão digital de Diálogos, uma única câmera, guiada por Bruno, faz alusão aos olhos do espectador, que são colocados dentro da ação. Entre encontros e desencontros, os atores se revezam em diferentes cenas e números musicais, nos aproximando cada vez mais de nós mesmos. Um projeto completo, que une o audiovisual, a internet e a experiência teatral, acessível para todo o Brasil.

“Quando a pandemia começou, demorou um tempo pra entendermos o que estava acontecendo. Assimilarmos essa nova realidade. Mas quando isso aconteceu, percebemos que a pandemia também trazia uma série de sentimentos indesejados, como o medo, solidão, tristeza, frustração, e que a peça poderia servir como uma rede de apoio. Uma forma de nos questionarmos sobre o que é que nos aproxima quando estamos tão afastados. ”, comenta o autor.

BrunoNarchi/_Foto: Mario Amaral

Diálogos

Terça-feira, 18/05, às 20h.
Gratuito ou colaboração de R$12,50 na SP Escola de Teatro Digital-Sympla

Retire seu ingresso para Diálogos!

Mostra Aldir Blanc na SP reúne 12 peças das 5 regiões do Brasil

Comunicadores convidados dialogam com 12 peças da Mostra Aldir Blanc na SP

Mesa de Discussão: A importância da Lei Aldir Blanc para a Arte na Pandemia

Veja análises das 12 peças da Mostra Aldir Blanc na SP




Posts Archives

Espetáculo musical Diálogos reconecta pessoas e conversas em tempos de ódio

Posted on

Começa nesta terça-feira, 18, a segunda semana da Mostra Aldir Blanc na SP Escola de Teatro. O espetáculo de hoje é o musical Diálogos,…

Read more

Em temporada gratuita, Cia Os Satyros reestreia peça sobre sexo e outros desejos pandêmicos

Posted on

Entre 16 e 21 de janeiro, a Cia os Satyros fará uma temporada gratuita do espetáculo Novos Normais: Sobre Sexo e Outros Desejos Pandêmicos,…

Read more

Psicóloga Gabriela Altaf é a convidada desta quinta no “Diálogos sobre a Pandemia”

Posted on

A série “Diálogos sobre a Pandemia”, webinar promovido pela SP Escola de Teatro, espaço de formação cultural da Secretaria da Cultura e Economia Criativa, administrado…

Read more

Rodolfo García Vázquez fala sobre filosofia e criação no ‘Diálogos sobre a Pandemia’

Posted on

Nesta quinta-feira (4/6), tem novo episódio da serie de entrevistas “Diálogos sobre a Pandemia”, no canal da SP Escola de Teatro no YouTube. ⠀…

Read more