SP Escola de Teatro recebe peça do italiano Teatri di Vita

Publicado em: 30/11/2015

Entre os dias 2 e 4/12, a SP Escola de Teatro recebe o espetáculo “Delirio di una trans populista”, do italiano Teatri di Vita. A vinda do grupo é uma ação do setor de Relações Internacionais da Escola, que promove o intercâmbio de aprendizes, formadores e espetáculos.
 
Dirigido por Andrea Adriatico, “Delirio…” integra uma trilogia dedicada ao denso e político texto de Elfriede Jelinek, vencedora do prêmio Nobel. A peça mostra um onírico discurso de despedida um líder populista para o povo que o adora. Suas palavras evocam a pureza de uma nação e o tratamento massificado aos indíviudos.
 
O líder, no entanto, é um transexual interpretado por Eva Robins, a atriz trans mais famosa da Itália. O sermão é direcionado a ávidas garotinhas com densas barbas que estão prontas para serem sacrificadas pela causa trans. Tudo isso durante uma sessão de ginástica militar.
 
Neste contexo, “Vote trans!” é um grotesco slogan político que revive antigos sonhos totalitários de que “todos sejam realmente todos”.
 
Fundado em 1993 em Bolonha, o Teatri di Vita trabalha com o olhar político e identidade  queer. A ideia é recodificar a realidade e os estereótipos. Desde sua criação, já apresentou quase 40 montagens.
 
Serviço
“Delírios de uma trans populista”
SP Escola de Teatro – Praça Roosevelt, 210, metrô República
De 2 a 4 de dezembro, 21h

14 anos. 55 minutos. R$ 10/R$ 20. 

Relacionadas:

Agenda | 20/ 03/ 2020

Diretor da SP Escola de Teatro, Ivam Cabral encena peça ao vivo no Instagram

SAIBA MAIS

Agenda | 05/ 03/ 2020

Confira a programação teatral do fim de semana da Roosevelt

SAIBA MAIS

Agenda | 03/ 03/ 2020

SP Escola de Teatro recebe mini mostra de teatro lambe-lambe, no fim de semana

SAIBA MAIS