SP Escola de Teatro lança hotsite que agrega conteúdos especiais no período de quarentena

Publicado em: 17/04/2020

A SP Escola de Teatro, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo e gerida pela Adaap, lançou nesta sexta-feira (17) o hotsite #TeatroemCasa, espaço virtual no qual estão agregados conteúdos produzidos neste período de distanciamento social. A página integra a campanha #CulturaemCasa, que tem mobilizado todos os equipamentos estaduais de cultura com ações virtuais.

O endereço da página é www.spescoladeteatro.org.br/teatroemcasa.

No #TeatroemCasa estão disponíveis notícias, artigos, vídeos, áudios, conteúdos pedagógicos do curso técnico e links para cursos a distância, de curta duração. A ideia é agregar no hotsite tudo aquilo que for criado dentro da ação da SP Escola de Teatro para este período. Desde o início das medidas de distanciamento social pra conter o novo coronavírus, como a suspensão das atividades presenciais da instituição, nosso site e redes sociais se tornaram principais plataformas de publicação e desenvolvimento das atividades formativas e artísticas.

AULAS ONLINE

Seguindo determinação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, de acordo com as recomendações do Governo do Estado de São Paulo e do Centro de Contingência do Coronavírus, a SP Escola de Teatro suspendeu suas atividades temporariamente desde 23 de março.

Neste período, as aulas do curso técnico passaram a ser online. Os estudantes  têm realizado atividades remotas, que servem de complemento à formação do semestre. O objetivo das coordenações e artistas docentes é dar continuidade ao estudo das temáticas abordadas em sala de aula e desenvolvidas nos experimentos cênicos.

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).




Relacionadas:

Notícias | 23/ 01/ 2022

Confira a galeria de fotos que celebra a história das 10 edições do SPtransVisão, evento que começa neste domingo, 23

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Agenda Cultural : As melhores dicas para o seu fim de semana

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Estudantes de humor da SP mergulham em curiosa e divertida experiência cênica audiovisual; confira!

SAIBA MAIS