Selo Lucias: “Lucia Camargo foi uma pessoa inteligentíssima, atenta e dedicada a sua grande paixao: a arte”, diz Ivam Cabral

Publicado em: 04/03/2021

Como parte das comemorações de 10 anos de história, a SP Escola de Teatro lançou o livro “Teatro em Grupo na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo” e também o selo “Lucias”. O selo homenageia Lucia Camargo, uma das maiores mulheres da cultura brasileira.

Ela era gestora cultural, professora, jornalista, crítica e coordenou o setor de Extensão Cultural e Projetos Especiais na SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Também foi diretora de importantes instituições culturais brasileiras, como Teatro Guaíra, em Curitiba, onde foi ainda secretária municipal e estadual de Cultura do Paraná; e o Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Além disso, foi secretária-adjunta de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e a primeira e única mulher na história a dirigir o Theatro Municipal de São Paulo. Infelizmente, Lucia faleceu em julho de 2020, aos 76 anos.

Selo Lucias: “Lucia foi uma mulher das artes que viveu pelas artes”, diz Elen Londero

Nesta quinta-feira, 04, o depoimento é de Ivam Cabral, ator e diretor executivo da SP Escola de Teatro. Ele destaca os anos de amizade e parceria com Lucia, a ajuda no início de carreira e a inteligência ímpar da gestora cultural.

“Lucia Camargo é uma mulher fundamental na história do teatro brasileiro, seja à frente de  projetos de formação artística, na gestão de importantes instituições culturais do país e como curadora e júri de premiações e festivais. Uma pessoa inteligentíssima, atenta e dedicada à sua grande paixão, que era a arte.

Pessoalmente, tenho um imenso amor por Lucia, enorme admiração. Somos conterrâneos, e nos conhecemos ainda nos anos 1980, quando ela era diretora do Teatro Guaíra, em Curitiba, e eu, estudante de artes cênicas. Admirava o trabalho dela e tinha muito respeito por sua trajetória. Duas décadas depois, o destino me presenteou em ter Lucia Camargo como minha amiga e parceira de sonhos. Quando ela partiu, um pedaço de mim se foi também”, comenta o artista, que relembra seu primeiro encontro com Lucia, em Curitiba.

Na época, ela era diretora de Artes da Fundação Teatro Guaíra que, juntamente com a PUC/PR, oferecia um curso superior de teatro, o qual Ivam estava se matriculando, mas ainda com dúvida de seu futuro incerto. Naquele tempo, ele estava no último ano da faculdade de Administração e trabalhava no mercado financeiro. Ao se conhecerem, Lucia fez a pergunta mais importante para Ivam desde então.

Selo Lucias: ‘Para ser um trabalhador da cultura é preciso ter coragem’, diz Ueliton Alves

“- O que você seria capaz de fazer para conquistar os seus sonhos? ”

Eu me lembro de ter tentado dizer algo como ‘não passar por cima dos meus princípios’, ‘ser ético’ e coisas parecidas, e ela me interromper:

– Pare de contornar as coisas. Você acha que eu estaria falando com alguém que não cumprisse seus apontamentos éticos? Você nem teria entrado nesta sala, caso eu não percebesse que você é uma pessoa legal. Então, pare de enrolação e responda: o que você faria para realizar seus sonhos?

A partir daquele momento, eu tomaria a decisão mais importante da minha vida inteirinha. Saí daquele encontro com uma bolsa de estudos integral para o curso todo (sim, anjos existem, aquele encontro também me mostrou isso) e poucos meses depois abandonaria o mercado financeiro para sempre, sem nenhuma recaída.

Então nunca mais nos largamos e a partir de 2010 ela se juntou a nós no projeto da SP Escola de Teatro. Lucia se foi há alguns meses, mas me pego pensando nela a todo instante.”




Relacionadas:

Notícias | 16/ 04/ 2021

Artistas egressos da SP participam de filme-teatro A história de Cy, que aborda o amor próprio

SAIBA MAIS

Notícias | 16/ 04/ 2021

Processo Seletivo 2/2021: Confira o resultado da análise dos recursos dos pedidos de isenção da taxa de inscrição

SAIBA MAIS

Notícias | 16/ 04/ 2021

Ana Clara Soares, estudante de sonoplastia da SP, assina trilha sonora de espetáculo de dança

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign