Programa no YouTube reúne série de entrevistas com iluminadores brasileiros

Publicado em: 27/03/2020

Os light designers Guilherme Bonfanti e Chico Turbiani, coordenador e artista docente de Iluminação da SP Escola de Teatro, respectivamente, lançam nesta sexta-feira (27) o programa de entrevista “Lighting Studio”, no YouTube. A atração faz parte do projeto #CulturaEmCasa e reúne entrevistas com iluminadores sobre perfil de trabalho destes profissionais, como eles pensam e atuam, e discutindo questões como formação, área de atuação, planejamento de carreira e processo criativo.

>> SP Escola de Teatro cria programação virtual durante período de quarentena

O programa será transmitido ao vivo, a partir das 15h, na página do Lighting Studio. “Assim espero termos um material que servira a futuros pesquisadores e estudantes, além de profissionais que queiram conhecer melhor o trabalho uns dos outros”, explica Bonfanti, idealizador da ação. As entrevistas têm roteiro de Chico Turbiani, direção de imagem de Padu Palmerio. O operador do ao vivo é Jess Belarmino, direção de arte de Guilherme Luigi e música de Erico Theobaldo.

Confira a programação de entrevistas: 

27/03 – Guilherme Bonfanti
31/03 – Jathiles Miranda
2/4 – Aline Santini
3/4 – Fernanda Carvalho
6/4 – Danielle Meirelles
7/4 – Alessandra Domingues
8/4 – Caetano Vilela
9/4 – Miló Martins
10/4 – Ligia Chaim
13/4 – André Boll
14/4 – Marisa Bentivegna
15/4 – Grissel Piguillem
16/4 – Fábio Retti
17/4 – Denilson Marques
20/4 – Camilo Bonfanti
21/4 – Anna Turra
22/4 – Beto Bruel

CULTURA EM CASA

Seguindo determinação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, de acordo com as recomendações do Governo do Estado de São Paulo e do Centro de Contingência do Coronavírus, a SP Escola de Teatro suspendeu suas atividades temporariamente até 17 de abril.

Neste período, nossas atividades passam a ser online – uma forma de levar a formação e produção cultura até você, enquanto todos nós ficamos em casa, nos protegendo do novo coronavírus.

Os estudantes do curso técnico de teatro vão realizar atividades remotas, que servem de complemento à formação do semestre. As atividades são obrigatórias e vão se somar às avaliações formativas. O objetivo das coordenações e artistas docentes é dar continuidade ao estudo das temáticas abordadas em sala de aula e desenvolvidas nos experimentos cênicos.

Assim como outros equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores #CulturaEmCasa, como é chamada a iniciativa. Entre as ações estão a publicação de uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.




Relacionadas:

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “É possível falar de masculinidade e feminilidade sem sermos binários?”, por Manfrin Manfrin

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “As cores da foto do menino no poste estão desaparecendo”, por Milena Siqueira

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “Se algo de fato existe, ele é feito de carne e sangra”, por Clara Prado

SAIBA MAIS