EN | ES

Pânico Vaginal narra trajetória de heroína distópica, misturando ficção científica e universo HQ

Publicado em: 21/05/2021

Com fortes influências do mundo dos quadrinhos e da ficção científica, a peça Pânico Vaginal que se apresenta hoje (21), às 20h, na 1ª Mostra Aldir Blanc da SP Escola de Teatro, traz muito humor para tratar a trajetória de uma super-heroína distópica que opta pelo armamento íntimo para agir em legítima defesa.

Temas como sexualidade e gênero são os eixos estruturais da peça-vídeo, que tem como referência central a performance Genital Panic, de Valie Export, encenada em Munique nos anos 60.

Lara Duarte, Bruna Varga, Guilherme Reges, Padu Cecconello, Mateus Rodrigues, Victor Paula e Amara Hartmann, artistas egressos da SP Escola de Teatro integram o elenco o espetáculo, que também se apresentam amanhã (22) e domingo (23), pela plataforma Sympla da Instituição.

Misturando ficção científica e universo HQ, o espetáculo conta com diversas composições coreográficas, e investiga as possibilidades de hibridização das linguagens do teatro, do cinema, da dança e da performance. Para aproveitar os recursos oferecidos pelo audiovisual e compor a encenação teatral, a produção usa até uma câmera de endoscopia.

Cena de Pânico Vaginal/ Crédito da foto: Marcelle Cerutti

“Pânico Vaginal é uma ficção científica de baixo orçamento que lida com a falência das relações normativas, transportadas para um futuro hiper ficcional e distópico. O deboche, a ironia e o humor cercam toda essa jornada da personagem Georgia, nome inspirado na música Georgia, A Carniceira, da banda pernambucana Ave Sangria. A protagonista passa a integrar a Armada das Armadas e tenta lidar com as próprias contradições ao longo da narrativa,” conta a dramaturga Lara Duarte.

Pânico Vaginal
Dias 21, 22 e 23 de maio (sexta, sábado e domingo),  às 20h.
Gratuito ou colaboração de R$12,50 na SP Escola de Teatro Digital-Sympla

Retire seu ingresso para Pânico Vaginal

Mostra Aldir Blanc na SP reúne 12 peças das 5 regiões do Brasil

Comunicadores convidados dialogam com 12 peças da Mostra Aldir Blanc na SP

Mesa de Discussão: A importância da Lei Aldir Blanc para a Arte na Pandemia

Veja análises das 12 peças da Mostra Aldir Blanc na SP




Relacionadas:

Notícias | 24/ 05/ 2022

Concurso Slam Poesia SP 2022 oferece prêmio de 15 mil reais para o 1º colocado; saiba mais

SAIBA MAIS

Notícias | 24/ 05/ 2022

Série Teatro de Grupo em São Paulo: conheça o Grupo Pândega de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 24/ 05/ 2022

Estudantes, colaboradores e convidados participam de debate após exibição do curta Corre Menino, sobre necropolítica

SAIBA MAIS