EN | ES

Teatro do futuro? Como será a plateia da companhia de Brecht pós-pandemia

Publicado em: 05/06/2020

Se preparando para reabrir em setembro, o Theater am Schiffbauerdamm, que sedia a companhia de Berliner Ensemble, em Berlim, retirou 500 lugares de sua plateia, mantendo somente apenas 200 cadeiras, e mudou totalmente sua configuração para receber o público, respeitando o distanciamento social necessário.

Para garantir a segurança dos espectadores e evitar o contaminação do novo coronavírus, vários assentos foram retirados, dando uma nova visão de plateia. A companhia resolveu compartilhar a imagem do novo layout em seu Instagram, e a postagem acabou viralizando. É uma mostra de que o mundo da arte, assim como todas as áreas, terá que se adaptar.

https://www.instagram.com/p/CAqUEv8nH8I/

Em um e mail enviado à imprensa, Oliver Reese, diretor artístico do teatro, afirmou que essa é uma medida temporária e uma solução criativa para resolver esse problema momentâneo, mantendo todos em segurança. Além da missão e obrigação como teatro público, a medida também expressa o desejo de voltar aos palcos. “Todos ansiamos pela normalidade. Mas tenho certeza absoluta de que nosso teatro funcionará com a mesma energia para 200 pessoas.”, garante.

Berliner Ensemble é o nome da companhia criada por Bertolt Brecht, e sua mulher, Helena Weigel, em 1949. O Theater am Schiffbauerdamm foi construído em 1892 e abriga a companhia desde 1954. Assim como Brecht, am Schiffbauerdamm, tem uma forte contribuição para as artes cênicas na Alemanha, sendo palco de uma arte engajada e experimental ao longo de toda sua história.

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).

#culturaemcasa #teatroemcasa



Relacionadas:

Notícias | 26/ 05/ 2022

Tiradentes em Cena 10 Anos tem participação de Miguel Arcanjo Prado, Coordenador de Extensão Cultural da SP

SAIBA MAIS

Notícias | 26/ 05/ 2022

Instituto Cultural Vale abre edital para produtores culturais com orçamento de R$ 25 milhões; inscreva-se!

SAIBA MAIS

Notícias | 25/ 05/ 2022

Professores poloneses promovem Um Beckett Colaborativo, workshop presencial e gratuito na sede Roosevelt da SP

SAIBA MAIS