Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

TBT: Relembre o Projeto Sem Palavras, ação internacional realizada em parceria com a SP Escola de Teatro em 2014

Há oito anos, em novembro de 2014, o coletivo performático OuUnPo (Ouvroir d’Univers Potentiels), composto por estudiosos e artistas europeus, escolheu encerrar seu ciclo de pesquisa, nomeado “Catastrophe & Heritage”, na cidade de São Paulo. Nesse contexto, um dos locais escolhidos pelo grupo para realização da ação foi a SP Escola de Teatro, que fechou uma parceria importante com o grupo. No TBT de hoje, iremos relembrar um pouco mais desse evento tão marcante!

Cineclube SP Alma no Olho traz produção infantojuvenil sobre autodescoberta e amizade na próxima segunda, 4

Além da SP, o OuUnPo também passou por algumas outras instituições, como Pinacoteca, o MAM, o CCSP e o Goethe-Institut, com palestras, vídeos, workshops e performances. Na época, o evento foi realizado na sede Roosevelt da instituição e contou com apresentações performáticas de artistas de várias partes do mundo, como Per Huttner (Suécia), Jacopo Miliani (Itália), Samon Takahashi (França), Pedro Penin (Portugal), Gustavo Sol (Brasil).

Além disso, outros projetos individuais e coletivos integraram a programação, esses foram selecionados por meio da curadoria de Per Hüttner e Marcio Aquiles. Tais trabahos deveriam colocar sob perspectiva um olhar para formas de comunicação além da linguagem, promovendo, conforme alude o nome da iniciativa, uma investigação de elementos não-verbais. Para tanto, a diversidade cultural dos profissionais e artistas foi crucial.

Colaboradores da Adaap e do Instituto Limpa Brasil realizam mutirão de limpeza da Praça Roosevelt; confira como foi!

Nessa conjuntura, as obras refletiram profundamente sobre as seguintes questões: como podemos aprender mais sobre a comunicação não verbal e como ela funciona? Por que continuamos fascinados tanto pelos aspectos da vida que nos aterrorizam, assim como por aqueles que nos trazem alegria? A incapacidade de linguagem para expressar ambos têm um papel nisso tudo?

Os projetos selecionados foram: A Reflexos – Ensaio sobre o vazio, de Fe Vas, Bodyart, e Hugo Cabral; PISC in À, de Maria Cecília Mansur Oliveira e Casulo, de Sueliton Martins. Um vídeo sobre cada um dos três está disponível para o público no Youtube da SP Escola de Teatro.




Posts Archives

TBT: Relembre o Projeto Sem Palavras, ação internacional realizada em parceria com a SP Escola de Teatro em 2014

Posted on

Há oito anos, em novembro de 2014, o coletivo performático OuUnPo (Ouvroir d’Univers Potentiels), composto por estudiosos e artistas europeus, escolheu encerrar seu ciclo…

Read more

2º Encontro do Seminário da Mostra de Estudantes PQ-23 aborda a atuação escolar em quadrienais nesta quarta (22); confira!

Posted on

Nesta quarta-feira, 22, às 19h30, acontece a palestra sobre a participação das Escolas nas Quadrienais, com Lídia Kosovisk, Luiz Henrique, Dalmir Rogério e Helô…

Read more

SP Escola de Teatro realiza seminário internacional sobre processos criativos

Posted on

O setor de projetos internacionais da SP Escola de Teatro dá início neste mês a uma série de cursos e seminários internacionais online, com…

Read more