EN | ES

SP Escola de Teatro recebe João Silvério Trevisan para lançamento de livro e bate-papo

Publicado em: 10/07/2023 | por: Guilherme Dearo

Foto colorida do autor João Silvério Trevisan

O escritor João Silvério Trevisan: lançamento do livro “Meu Irmão, Eu mesmo”. | Foto: Divulgação

Na próxima quinta-feira, 13, a unidade Roosevelt da SP Escola de Teatro recebe o autor João Silvério Trevisan, que lança seu novo livro, “Meu Irmão, Eu Mesmo” (Editora Alfaguara).

A conversa, mediada pelo jornalista Allan Nascimento, acontece às 19h30 e tem entrada gratuita. O evento é organizado pela Agência Diadorim e tem apoio da Escola.

“Meu Irmão, Eu Mesmo” é a segunda parte da trilogia da dor, iniciada por Trevisan em 2017. No livro, o escritor reconta a relação de amizade entre ele e o irmão mais novo, Cláudio.

Em 1992, João Silvério Trevisan descobriu estar infectado pelo vírus HIV e acreditava ter pouco tempo de vida. No entanto, a tragédia acabou atingindo Cláudio, que faleceu aos 48 anos vítima de um câncer linfático. Em uma narrativa impactante, o autor faz um retrato de grande autenticidade sobre a experiência da perda.

O bate-papo também irá abordar a carreira literária de Trevisan, uma dos mais importantes escritores da literatura brasileira e histórico militante LGBTQIA+ do país.

+ Curso “Dança Para Além Dos Muros” recebe inscrições até 19/7

Sobre o autor

Nascido em Ribeirão Bonito, São Paulo, João Silvério Trevisan é autor ensaios, roteiros de cinema, peças de teatro e explorou várias plataformas criativas.

No campo do cinema, Trevisan escreveu e dirigiu o longa-metragem “Orgia ou o Homem que Deu Cria”, uma obra que abraça o estilo do cinema marginal, conhecido como “boca do lixo”, e que confronta o movimento do cinema novo com a opressão da liberdade de expressão durante o regime militar dos anos 1970. O filme acabou sendo censurado, o que levou Trevisan a deixar o país por oito anos.

De volta ao Brasil, em 1978, ele fundou o grupo Somos, que atua na defesa dos direitos dos homossexuais.

Na literatura, ele é autor de obras como “Em Nome do Desejo” (1983), “Vagas Notícias de Melinha Marchiotti” (1984), “Devassos no Paraíso” (primeira edição de 1986), “Ana em Veneza” (1994) e “Seis Balas num Buraco Só: A Crise do Masculino” (primeira edição de 1998).

Cartaz de divulgação mostra foto do autor João Silvério Trevisan

Lançamento do livro “Meu Irmão, Eu Mesmo”, de João Silvério Trevisan: bate-papo com o autor na SP Escola de Teatro. | Foto: Divulgação/Adaap




Relacionadas:

Notícias | 21/ 06/ 2024

SP Escola de Teatro, por meio do Programa Oportunidades, realiza oficinas para jovens da Fundação CASA Rio Tâmisa

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 06/ 2024

Espetáculo “2 Palitos” entra em cartaz em julho na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Notícias | 20/ 06/ 2024

Veja como foi o lançamento do livro “Breves Apontamentos Sobre o Teatro Das_Nas_Pelas Periferias Brasileiras”

SAIBA MAIS