Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

SP Escola de Teatro perde o aprendiz egresso Fábio Hisi

Publicado em: 19/09/2016

Fábio bem à frente, com a camiseta da SP Escola de Teatro, em seu primeiro dia de aula na Instituição
 
Aprendiz egresso da SP Escola de Teatro, o cenógrafo e figurinista Fábio Hisi se despediu de nós nesta segunda-feira, 19 de setembro.
 
Hisi, como era chamado na Escola, ingressou na Instituição no primeiro semestre de 2013, quando foi aprovado para o Curso Regular de Cenografia e Figurino. “Era querido por todos nós. Vinha cada vez mais se apropriando do espaço cênico como cenógrafo e figurinista”, diz a formadora do curso, Telumi Hellen. “Vinha se engajando ao teatro em vários projetos, atuando em novos espaços. Uma pessoa criativa, poética, humorada, vivaz. Preocupado com o humano e sua qualidade.”
 
Em post recente em seu perfil no Facebook, o artista publicou uma foto da placa de formandos da SP Escola de Teatro, na qual consta seu nome junto aos de outros colegas. No texto, dizia: “Fui hoje matar a saudade na SP Escola de Teatro, onde fiz amigos, ganhei uma família nova e grandes mestres. Mais feliz foi ver nosso nome ali onde para muitos pode ser uma simples placa, mas, para nós, eternos aprendizes, significa muito. Foram dois anos de estudos e dedicação. Melhor ainda é ver os nomes de eternos amores”.
 
Fábio em meio aos colegas na sede Roosevelt da Escola, vestindo a camiseta com os dizeres “Keep calm and plant a tree”
 
Os também aprendizes egressos Ivan Zancan e Ingrid Rosa se formaram com Hisi no curso de Cenografia e Figurino e lembram do amigo com carinho. “Fábio era dedicado, generoso, alegre, companheiro e bem-humorado. Conviver com ele era um presente. Era jovem e ainda tinha muita coisa pra viver”, lamentam. “Era um amigo como poucos, sempre pronto a dar colo e amor a quem precisasse. Carregaremos sempre esse amor conosco. Em nós, Fábio viverá para sempre… baphonicamente. Ahaza nas estrelas, viado!”, complementam, na linguagem carinhosa e divertida com a qual se comunicavam.
 
Quando cursou o Módulo Vermelho, ainda em 2013, Hisi integrou a equipe do experimento cênico “Metápolis”, que, depois, virou espetáculo, tendo se apresentado na sede Brás da Escola e na Casa Amarela. O aprendiz assinou a cenografia, ao lado de Patrícia Gaspareti.
 
No último mês de agosto, o público também pôde ver outro trabalho de Hisi na peça “Meninos Também Amam”, que reestreou na Galeria Olido, no centro de São Paulo. A peça também cumpriu temporadas na Escola em 2014 e 2015.
 

A SP Escola de Teatro sente a perda e tem a certeza de que a energia e a arte de Hisi estarão sempre presentes, nos lugares, trabalhos e amigos que ele fez no tempo em que estudou conosco.

Relacionadas:

Comunicados | 20/ 07/ 2020

Nota de pesar: O adeus a Lúcia Camargo

SAIBA MAIS

Comunicados | 22/ 04/ 2020

Atividades presenciais da SP Escola de Teatro seguem suspensas até 10/5

SAIBA MAIS

Comunicados | 09/ 04/ 2020

Atividades presenciais da SP Escola de Teatro seguem suspensas até 22/4

SAIBA MAIS