SP Escola de Teatro lança cursos no interior em parceria com a prefeitura de Jundiaí

Publicado em: 08/12/2017

Coletiva de imprensa para apresentação da Estação Jundiaí da SP Escola de Teatro. Foto: Prefeitura de Jundiaí/Divulgação

A SP Escola de Teatro, ligada à Secretaria do Estado da Cultura, e a Prefeitura de Jundiaí anunciaram nesta quinta-feira o lançamento da Estação Jundiaí SP Escola de Teatro. O projeto vai oferecer à população da cidade oito cursos de extensão gratuitos voltados a diversas áreas das Artes Cênicas.

As aulas começam em março de 2018. Ao longo do ano, acontecem cursos de Atuação, Iluminação, Sonoplastia, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Produção e Coordenação e Técnicas de Palco.

Segundo o diretor executivo da SP Escola de Teatro, Ivam Cabral, as aulas, ministradas por profissionais de diversos lugares do Brasil, trazem em si a proposta de quebra das barreiras regionais na formação de artistas e ampliam os diálogos profissionais.

“Na SP Escola de Teatro, criamos um sistema pedagógico que já foi exportado para Finlândia e Suécia, que não é só um curso de teatro, mas um olhar – que acho o mais importante – político, de cidadão que precisa mudar alguma coisa”, pontua Cabral. “Estou muito feliz com essa parceria em Jundiaí. Ao longo desses anos, vimos surgir aqui grandes nomes do teatro brasileiro, como a atriz Juliana Galdino, que é uma das maiores atrizes do teatro brasileiro, sem exagero, e o dramaturgo Sergio Roveri.”


O gestor de Cultura da cidade, Marcelo Peroni, afirma que essa estrutura pedagógica consolidada “vai impactar nos artistas da região”. “Não são todos que têm condições de sair de Jundiaí para São Paulo para conseguir essa especialização. A escola traz para a cidade grandes profissionais e uma estrutura consolidada, uma estrutura pedagógica que vai dar essa base de instrução que a gente precisa.”

Já para diretor do Departamento de Cultura, Felipe Hass, “alguns deles vão preencher lacunas de formação para pessoas que já atuam na área, e outros cursos para pessoas que não necessariamente tenham experiência nas áreas”.

O anúncio foi acompanhado pela imprensa e por artistas da cidade, que assistiram à intervenção cômica dos palhaços da Escola com a peça “A longa viagem de Fritz e Lígia Maria”. No elenco, está a jundiaiense Daniela Biancardi, que também comemora como formadora da Escola: “Esta novidade pontua e confirma um movimento de décadas de jovens que querem permanecer na cidade, dando vida ao seu cenário cultural”.

A atriz Daniela Biancardi (palhaça Lívia Maria), em performance no lançamento do projeto, em Jundiaí. Foto: Mateus Araújo/SP Escola de Teatro.

Coletiva de imprensa

O lançamento oficial do projeto aconteceu no Complexo Fepasa, no Centro da cidade. Um trio de clowns se apresentou na ocasião com a intervenção artística “A longa viagem de Fritz e Lígia Maria”. No elenco, junto aos atores Denis Goyos (o palhaço Fritz) e Guilher Padilha (o palhaço Marcha Lenta, aprendiz da SP Escola de Teatro), está a atriz Daniela Biancardi, formadora de Humor da SP Escola de Teatro e natural de Jundiaí. “Jundiaí produz arte que é importante fazer o jundiaiense dimensionar que é tão complexo é a produção daqui”, diz Dani.

As inscrições para os cursos na Estação Jundiaí SP Escola de Teatro começam no dia 22 de janeiro. O primeiro curso oferecido é de Atuação, com Luis Amorim. As atividades acontecem de 5 de março a 23 de abril, sempre às segundas-feiras.




Relacionadas:

Notícias | 17/ 07/ 2019

Passou na seleção da SP Escola de Teatro? Saiba como se matricular

SAIBA MAIS

Notícias | 05/ 07/ 2019

Estudantes da SP Escola de Teatro colaboram na cenografia do Circo da Turma da Mônica

SAIBA MAIS

Agenda | 05/ 07/ 2019

Ciclo de debates discute obra de Sophia de Mello Breyner

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign