EN | ES

Curso de Sonoplastia recebe Barulho Max e Allyne Cassini como artistas convidados

Publicado em: 22/05/2023 |

Fotografia colorida mostra turma de sonoplastia com Barulho Max

Turma de Sonoplastia recebe Barulho Max como artista convidado no primeiro semestre de 2023 | Foto: Comunicação/Adaap

Na última semana, o curso de Sonoplastia da SP Escola de Teatro recebeu dois artistas convidados, Barulho Max, que realizou a oficina de “Construção de Instrumentos”, e Allyne Cassini, que ministrou a aula “Desvendando os mistérios de áudio de P.A. em monitor”.

As aulas de Barulho Max aconteceram nos dias 16 e 17 de maio, na sede Brás, e tiveram o objetivo de realizar a construção de dispositivos sonoros a partir de ideias simples e materiais baratos. A confecção foi feita com objetos que já são instrumentos, materiais que já estão prontos e que podem se tornar instrumentos e também baquetas. A finalidade do curso foi promover uma coletânea de ideias simples que podem ter infinitos propósitos, como na sonoplastia e na educação musical.

Primeiramente, os estudantes construíram em conjunto alguns instrumentos, com o orientador demonstrando alguns processos de construção. Ao final, foi feita uma atividade prática para testar os instrumentos e analisar como eles soam de modo conjunto, observando as possibilidades sonoras. O exercício foi feito em roda, com regência de Barulho Max, Tâmara David, coordenadora do curso de Sonoplastia, e outros estudantes.

Barulho Max é educador musical e trabalha há 13 anos com educação musical. Também faz direções musicais e dá aulas de música. Tem uma pesquisa em Luteria Experimental, que é a arte da construção de instrumentos não convencionais ou até mesmo a construção de instrumentos convencionais, mas com materiais não convencionais.

Fotografia colorida de Allyne Cassini mexendo numa mesa de som para a turma de sonoplastia

Turma de Sonoplastia recebe Allyne Cassini como artista convidada no primeiro semestre de 2023 | Foto: Comunicação/Adaap

Já no dia 18, a sede Roosevelt recebeu Allyne Cassini para ministrar seu curso com a temática voltada para monitoração de som ao vivo. Na abordagem, a artista trouxe a vivência do ao vivo, refletindo a propagação de som para determinados espaços. Ela demonstrou aos estudantes o que pode acontecer nesses momentos e o que precisa de mais atenção.

“Tivemos duas turmas muito peculiares, uma de manhã e outra à tarde, e cada uma com suas dificuldades e sua facilidades. Mas eu vi que foi uma somatória diversa e que todos nós estamos caminhando para o mesmo lugar, que é entregar um produto perfeito para o nosso público”, conta Allyne Cassini.

Allyne Cassini é uma das primeiras mulheres a representar uma marca de console no Brasil. Atua há mais de 20 anos nas áreas de produção técnica, operação de áudio com gravação, mixagem, masterização e como operadora de P.A. e monitor. Trabalhou com artistas como Nelson Triunfo, Gaby Amarantos, Larissa Luz e Max B.O, e em produções, como Pretoperitamar e Prot(ago)nista.

Confira as imagens das aulas: 




Relacionadas:

Notícias | 24/ 05/ 2024

SP Escola de Teatro exibe o filme “Minha Avó Era Palhaço” em 27 de maio

SAIBA MAIS

Notícias | 24/ 05/ 2024

2º dia da Mostra de Microcenas acontece neste sábado (25)

SAIBA MAIS

Notícias | 23/ 05/ 2024

Veja como foi o primeiro dia da Mostra de Microcenas na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS