EN | ES

Reabertura do Cine Bijou pelos Satyros é destaque no SPTV, da TV Globo

Publicado em: 25/01/2022

Nesta terça-feira, 25 de janeiro, o clássico símbolo de resistência à ditadura militar, Cine Bijou, é espaço de comemoração pela sua reabertura. Em função desse ato histórico, o SPTV, da TV Globo, lançou ontem (24) uma matéria exclusiva entrevistando os expoentes dessa realização, Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, respectivamente diretor executivo e coordenador de direção da SP Escola de Teatro, e fundadores da Cia de Teatro Os Satyros.

“Quando soubemos que esse espaço estava disponível, e recebemos a notícia de que ele poderia se tornar uma igreja ou um bar, nós não pensamos duas vezes. Precisávamos que esse espaço fosse mantido”, comenta Ivam Cabral em entrevista à emissora. Fechado há mais de duas décadas, o Cine Bijou exibia filmes proibidos pela censura, na época os títulos em cartaz não podiam ser divulgados. “Eu sentei nessas poltronas e comecei a ver cinema aqui ainda adolescente, esse espaço reunia pessoas que tinham esperança de democracia, de uma sociedade mais justa, de arte e de cinema; preservar isso é fundamental.” Complementa Rodolfo García Vázquez.

Reformado e modernizado em termos de áudio e vídeo, o cinema ganhou uma estrutura moderna, mas a arquitetura tradicional foi preservada. Rodolfo revela que as poltronas são as mesmas da época que foram costuradas, e que foi feito é um trabalho incrível de reconstrução, de tapeçaria. O teto, por exemplo, reproduz o teto original, ou seja, é todo trabalhado a partir de um pensamento acústico, contém estrutura com formatos arredondados que permite uma boa acústica.

Uma das personalidades principais que foi essencial nesse processo de repaginação do Cine Bijou foi Patrícia Pillar, a sala do cinema receberá, portanto, o nome da artista. A grande atriz, produtora e diretora comenta que o cinema ajudou a formar uma geração de cinéfilos e artistas, durante o período em que esteve aberto, entre 1962 e 1996. “Era um lugar de efervescência cultural, de encontros e discussões, então ele possui uma imensa importância.” Pontua Patrícia, “Em um momento como esse em que a cultura está sendo tratada dessa forma, podermos dar de volta esse espaço é de uma alegria imensa, é um gesto de amor à cultura.”

A cerimônia de abertura ocorre às 20h, no Cine Bijou, que fica na praça Roosevelt, e às 22h, ocorrerá a primeira exibição cinematográfica do espaço em muito tempo: Zuzu Angel, de Sérgio Rezende, é a obra que inaugura o espaço. O longa de 2006 retoma os tortuosos anos de ditadura militar, por meio da história de Zuzu Angel, uma estilista de sucesso que teve seu filho sequestrado e morto pelos militares. A entrada é gratuita até o dia 6 de fevereiro e os ingressos podem ser retirados uma hora antes de cada sessão. Você pode conferir a programação completa no site da SP Escola de Teatro e no site dos Satyros.

Confira a matéria completa do SPTV- da TV Globo (AQUI)!




Relacionadas:

Notícias | 19/ 05/ 2022

Processo Seletivo 2/2022 – Confira os dias e horários das avaliações do primeiro momento

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

TBT : Relembre a palestra de Ellen Oléria para os estudantes do curso técnico da SP Escola de Teatro, em 2018

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 05/ 2022

Inscrições abertas para o workshop presencial e gratuito Dramaturgia Comunitária

SAIBA MAIS