Projeto ‘Kaddish’, do Atocontínuo, propõe intervenção cênica a partir de obra de Allen Ginsberg

Publicado em: 18/07/2014

O grupo Atocontínuo, que entre seus integrantes tem artistas que concluíram os quatro módulos da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, está com um novo projeto, chamado “Kaddish”. Trata-se de uma intervenção cênica na cidade de São Paulo a partir do poema homônimo de Allen Ginsberg, ícone da geração Beat.

 

A obra faz um relato cru da relação entre o autor e sua mãe Naomi, uma esquizofrênica paranóica. Ginsberg transita pelas várias realidades vividas pela mãe, travando contato com temas como memória e resignação, vida e morte, loucura e lucidez. 

 

 

“Para apresentarmos esse material nos deparamos com a cidade de São Paulo, mais especificamente com a famosa Avenida Paulista e arredores, que trouxeram um novo olhar para o material, mostrando-se capaz de dialogar diretamente com o universo proposto pelo poema”, detalha o projeto do grupo, que está cadastrado no site de financiamento coletivo Catarse.

 

O projeto receberá apoio no site até o dia 1º de setembro.

 

O atocontínuo

O coletivo surgiu em 2007 na cidade de São Paulo reunindo artistas interessados em investigar novas linguagens e formas do teatro contemporâneo. Eder Bastos, Fernanda Otaviano, Rafael Truffaut, Thabata Garcia, Tom Paranhos e Vanessa Ouros formam o núcleo permanente do grupo, dedicado a criação e treinamento regular.

 

Saiba mais no site do grupo.

 

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS