Prêmio Shell de Teatro divulga indicados no segundo semestre de 2014 em São Paulo

Publicado em: 18/12/2014

O 27º Prêmio Shell de Teatro divulgou os indicados no segundo semestre de 2014 em São Paulo. E, mais uma vez, coroando um ano repleto de indicações e prêmios, a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco comemora a indicação de artistas que ajudam a construir seu projeto.

 

Como tem sido constante neste ano, “Pessoas perfeitas” foi um dos destaques da lista, com duas indicações: Autor e Figurino. A peça da Companhia de Teatro Os Satyros tem texto de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, respectivamente diretor executivo e coordenador de Direção na Escola. 

 

Criada a partir de residência na Escola, onde cumpriu duas temporadas, “Não vejo Moscou da janela do meu quarto” também foi lembrada em duas categorias: Silvana Garcia (Direção) e Beto Bruel (Iluminação).

 

Após levar o APCA de melhor espetáculo e receber várias indicações em outros prêmios, “Pessoas perfeitas” recebe duas indicações ao Shell (Foto: André Stefano)

 

Sérgio Roveri, que neste semestre atuou como artista convidado da Escola, foi indicado em Autor por “Os que vem com a maré”.

 

Ricardo Severo, que dá aulas no curso de Sonoplastia, foi indicado por “Caros ouvintes” na categoria Música. “Sit down drama” rendeu a Eric Lenate, que já ministrou aulas nos Cursos Regulares, indicação na categoria Direção. E Caetano Vilela, que orientou um curso de Extensão Cultural, foi indicado em Iluminação por “Assim é (se lhe parece).

 

Maior destaque da lista, “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona” (Direção, Atriz, Figurino, Iluminação e Música) também tem relação com a Escola: a peça é assinada por três nomes: Heiner Muller, Caio de Andrade e Francisco Carlos. Este último cumpriu residência artística entre 2013 e este ano na Escola.

 

A premiação acontece em março. Confira, abaixo, a lista completa:

 

Autor:

Leonardo Cortez por “Maldito benefício”

Sérgio Roveri por “Os que vem com a maré”

Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez por “Pessoas perfeitas”

Vinicius Calderoni por “Não nem nada”

 

Direção:

Guilherme Leme por “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona”

Marco Antônio Pâmio por “Assim é (se lhe parece)”

Eric Lenate por “Sit down drama”

Silvana Garcia por “Não vejo Moscou da janela do meu quarto”

 

Ator:

Roney Facchini por “Ou você poderia me beijar”

Rubens Caribé por “Assim é (se lhe parece)”

Luciano Chirolli por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes”

Washington Luiz por “Marica”

 

Atriz:

Clara Carvalho por “Ou você poderia me beijar”

Denise Del Vecchio “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona”

Gilda Nomacci por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes”

Renata Gaspar por “Não nem nada”

 

Cenário:

Marco Lima por “Vidas privadas”

Zé Valdir e Marcelo Lazzaratto por “Maldito benefício”

André Cortez por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes!

Marco Lima por “Caros ouvintes”

 

Figurino:

Gabriel Villela e José Rosa por “Um réquem para Antonio”

Glória Coelho por “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona”

Fábio Namatame por “Caros ouvintes”

Sonia Ushiyama por “Pessoas perfeitas”

 

Iluminação:

Caetano Vilela por “Assim é (se lhe parece)

Tomás Ribas por “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona”

Beto Bruel por “Não vejo Moscou da janela do meu quarto”

Beto de Faria por “Rósà”

 

Música:

Fernando Alves Pinto, Letícia Sabatella e Marcello H por “Trágica.3 – Electra Medéia Antígona”

Jonatan Harold por “Florilégio musical II, nas ondas do rádio”

Luiz Gayotto e Lincoln Antonio por “Fausto”

Ricardo Severo por “Caros ouvintes”

 

Categoria Inovação:

Projeto Vira-Latas de Aluguel pela projeção, capacitação e acessibilidade da linguagem teatral na comunidade de Heliópolis.

Cia Pessoal do Faroeste pelo trabalho de ocupação e intervenção social e artística que contribui para transformação e revitalização urbanas da região da Luz.

Os espetáculos selecionados nesta fase completaram o número mínimo de apresentações para serem elegíveis, de acordo com o regulamento do prêmio.

 

Homenagem:

César Vieira pela trajetória artística junto ao Teatro União e Olho Vivo e atuação política na defesa da classe teatral.

Relacionadas:

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS