Ponto | Téspis

Publicado em: 12/10/2010

No século XVII, Therese du Parc, conhecida mais tarde como La Champmesle, foi a primeira mulher a subir aos palcos. Antes disso, o teatro era um reduto dominado exclusivamente pelos homens.
 
Porém, para entender o modelo teatral ocidental, é necessário voltar um pouco no tempo.
 
Diz a lenda que, no século VI a. C. , na Grécia, durante uma apresentação, um homem de quem pouco se sabe a não ser seu nome – Téspis –, surpreende a todos quando se destaca do coro, sobe em uma espécie de palco e assume a figura do deus Dionísio, ali reverenciado.
 
Com essa simples ação, ele cria uma noção de diálogo e, por consequência, de personagem e ator, bases teatrais até hoje vigentes. De quebra, entra para a História como o primeiro ator do mundo.
 
Além deste feito, Téspis também inovou com a utilização de uma carroça, mais tarde conhecida como Carro de Téspis, que funcionava como um teatro portátil e levava as representações aos locais mais distantes.

 

Relacionadas:

Ponto | 14/ 07/ 2015

Ponto | Regras para montar um currículo de ator

SAIBA MAIS

Ponto | 30/ 06/ 2015

Ponto | O nu coletivo no teatro brasileiro

SAIBA MAIS

Ponto | 23/ 06/ 2015

Ponto | Pequena biblioteca para atores

SAIBA MAIS