Ponto | O Teatro Russo

Publicado em: 18/12/2012

Em 21 de dezembro de 1991, Mikhail Gorbatchev não conseguia mais controlar seu país, a então União Soviética, conduzindo uma grave crise econômica, social e política. Boris Yeltsin ganha poder com o golpe iniciado quatro meses antes e Gorbatchev renuncia. As repúblicas pedem independência sucessivamente. Hoje, a União Soviética não mais existe. Mas a Rússia continua firme, com um legado inestimável no campo das artes. E, por isso, a seção Ponto desta semana rende uma homenagem ao Teatro Russo, um dos mais ricos do mundo, devido à sua quantidade de dramaturgos, pesquisadores, diretores e peças de teatro.

Pensa-se que os russos são aqueles que mais vão ao teatro em todo o mundo. Um dos maiores símbolos do teatro russo é o Teatro Bolshoi, em Moscou, onde são representadas inúmeras peças de teatro nacionais ou estrangeiras, além de balé e ópera. O teatro russo começa desde muito cedo, antes da dinastia Romanov (século XIX), onde se usavam marionetes e música tradicional.

A importância do Teatro Russo é tamanha, que ele criou o que pode ser chamado de uma escola de teatro, com questões cruciais para os estudos do fenômeno teatral, tais como as artes do ator e a do encenador, a função do diretor, o papel do dramaturgo e do texto literário.

Stanislávski, Meyerhold, Evréinov, Gurdjieff, Tchékhov, o contemporâneo Vladímir Sorókin, Górki, Tovstonógov, Vassíliev, Gogol, entre outros, são alguns dos muitos diretores, professores e dramaturgos que compõem o Teatro Russo. Sua produção, marcada por textos fortes, profundos, repletos de filosofia, mas aplicada ao dia a dia, influenciaram, de modo ímpar, a produção do teatro Ocidental. Não só em seus textos, mas também no modo de representar, dirigir e de pensar o teatro. Um tesouro dos czares!

  

Texto: Majô Levenstein

 

Relacionadas:

Ponto | 14/ 07/ 2015

Ponto | Regras para montar um currículo de ator

SAIBA MAIS

Ponto | 30/ 06/ 2015

Ponto | O nu coletivo no teatro brasileiro

SAIBA MAIS

Ponto | 23/ 06/ 2015

Ponto | Pequena biblioteca para atores

SAIBA MAIS