Ponto | José Saramago no teatro

Publicado em: 16/09/2014

Ao ouvir o nome de José Saramago (1922-2010), logo vem à mente a obra literária de um dos mais importantes autores de língua portuguesa – o primeiro deles a ganhar um Prêmio Nobel (1988).

 

Em compensação, é desconhecida de boa parte do público sua produção teatral. Sim, Saramago também escreveu para teatro. Foram cinco peças: “A noite”, “Que farei com este livro?”, “A segunda vida de Francisco de Assis”, “In Nomine Dei” e “Don Giovanni ou O dissoluto absolvido”.

 

Apesar dessas investidas na área teatral, Saramago não se enxergava como um dramaturgo: “não me considero um dramaturgo, as peças de que sou autor nasceram todas por solicitações exteriores”, disse, certa vez.

 

Além desses textos, por aqui, no Brasil, outras obras de sua autoria foram levadas aos palcos: “O evangelho segundo Jesus Cristo” (1991), em adaptação realizada por Maria Adelaide Amaral, ganhou encenação de José Possi Neto em 2001, contando, no elenco, com Eriberto Leão, Walderez de Barros, Paulo Goulart, Celso Frateschi e Maria Fernanda Cândido.  

 

No mesmo ano, seu livro “O conto da ilha desconhecida” também foi adaptado e transformado num espetáculo infanto-juvenil apresentado em São Paulo.

Relacionadas:

Ponto | 14/ 07/ 2015

Ponto | Regras para montar um currículo de ator

SAIBA MAIS

Ponto | 30/ 06/ 2015

Ponto | O nu coletivo no teatro brasileiro

SAIBA MAIS

Ponto | 23/ 06/ 2015

Ponto | Pequena biblioteca para atores

SAIBA MAIS