Ponto | Dia do Palhaço

Publicado em: 10/12/2013

 

Hoje, dia 10 de dezembro, comemora-se o Dia do Palhaço.

 

Este ser, responsável por arrancar risos e, por meio de seu próprio fracasso, nos fazer encarar nossas maiores fraquezas, existe há praticamente tanto tempo quanto a própria civilização. 

 

Isso porque há relatos da existência de figuras que guardam semelhança ao palhaço até no Egito Antigo, há mais de 4 mil anos. Ali, por volta de 2500 a.C, um palhaço pigmeu teria atuado como bobo da corte. Outros bobos da corte também teriam tido presença na China desde 1818 a.C. Outras tantas culturas tiveram palhaços.

 

Alguns séculos depois, os primeiros registros de profissionais de entretenimento apontam para os mímicos dóricos que se apresentavam na Grécia Antiga durante o século 7 a.C. No entanto, ainda que se considerassem mímicos, eles não eram totalmente silenciosos. O nome veio de sua habilidade para imitar outras pessoas. Eles organizavam-se em trupes que continham até integrantes mulheres.

 

A tradição clown iniciada por esses artistas durou na Europa por pelo menos mil anos e contribuiu para a fundação do teatro clássico greco-romano.

 

Surpreendentemente, quando o conquistador espanhol Hernán Cortez dominou os astecas, no século 16, notou que entre os membros da corte do então imperador Montezuma existiam bobos semelhantes aos da Europa. Estes foram levados por Cortez ao Papa Clemente VII como tesouros, junto com palhaços anões e bufões corcundas.

 

Além disso, ainda na América, várias tribos nativas contavam com algum personagem palhaço. Além de entreter, eles detinham importante papel na vida social e religiosa dos grupos. Alguns acreditavam até que eles possuíssem a capacidade de curar doenças.

 

Da antiguidade até hoje, o que estes artistas do riso não perderam é a capacidade transformadora de sua forma de expressão. Afinal, como diz Raul Barretto, coordenador do curso de Humor da SP Escola de Teatro, este é o papel do palhaço na sociedade: “Transformá-la, ou pelo menos, permitir que ela reflita sobre os seus caminhos”.

 

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Uncategorised | 14/ 07/ 2015

Ponto | Regras para montar um currículo de ator

SAIBA MAIS

Uncategorised | 30/ 06/ 2015

Ponto | O nu coletivo no teatro brasileiro

SAIBA MAIS

Uncategorised | 23/ 06/ 2015

Ponto | Pequena biblioteca para atores

SAIBA MAIS