Obsolescência Programada: Oubi Kibuko, estudante de iluminação da SP, indica filmes para pensar o conceito

Publicado em: 04/05/2021

Neste primeiro semestre de 2021, o operador do curso técnico de teatro, que é o modo pelo qual as técnicas e conteúdos são trabalhados na SP Escola de Teatro, é a Obsolescência Programada.

Os estudantes de ambos os módulos, verde e azul, se aprofundam no conceito, e através dessas pesquisas e provocações desenvolvem os experimentos cênicos do semestre.

Antenado com a temática e cinéfilo, Oubi Inaê Kibuko, escritor, fotógrafo, comunicólogo, pesquisador visual e estudante de Iluminação da SP Escola de Teatro, indicou 4 filmes que abordam a Obsolescência Programada.
Confira!


1) Bar Esperança. Comédia. Direção: Hugo Carvana. Brasil, 1983. Duração: 120 minutos. Sinopse: Um grupo de pessoas se reúne em um bar de Ipanema que está prestes a fechar a fim de dar lugar à construção de um edifício. Seus frequentadores vivem de nostalgia. O Bar Esperança é o ponto de encontro de tudo isso. Para lá vão religiosamente Ana, atriz de teatro e televisão casada com Zeca, autor de peças que se demite da televisão por não aguentar mais o esquema imposto: o artista plástico Valfrido Salvador, o jornalista boêmio lvan Guerra, Profeta, também jornalista: a pesquisadora Nina e também Cabelinho, Cotinha, Tuca , Passarinho além de Dona Esperança , a dona do Bar e muitos outros. Uma coragem de personagens loucos, engraçados, brilhantes, como as lembranças que fazem o cenário do Bar Esperança.

2) Babel (Babel). Drama. Direção: Alejandro González Iñárritu. EUA/França/Mexico, 2006. Duração: 143 minutos.
Sinopse: O filme conta a história de gente comum, vivendo num mundo em constante transformação. Um casal americano Richard e Susan viaja pelo Marrocos num ônibus repleto de turistas. Quando passam por uma região montanhosa, um tiro, vindo das montanhas, atravessa a fuselagem e atinge Susan, o que desencadeia uma série de eventos afetando a vida de diferentes pessoas em várias partes do mundo, em desfechos inesperados. Incluindo também a de quem disparou o tiro.

3) Casa Grande. Drama/Romance. Direção: Fellipe Gamarano Barbosa. Brasil, 2014.
Duração: 117 minutos. Sinopse: Sônia e Hugo são da alta burguesia carioca e levam uma vida bastante confortável. Aos poucos vão à falência, mas ninguém sabe de seus problemas financeiros, nem mesmo o filho Jean, que faz de tudo para se desvencilhar dos pais superprotetores. Para se manter, o casal corta despesas e ele, que só se preocupava com garotas e vestibular, enfrenta pela primeira vez a realidade.

4) Morte e Vida Severina. Drama/Animação. Direção: Miguel Falcão. Duração: 56 minutos.
Brasil, 2010.

Disponível em:

 




Relacionadas:

Notícias | 12/ 05/ 2021

O que é ato?

SAIBA MAIS

Notícias | 12/ 05/ 2021

Teatro Candeeiro apresenta ao público histórias e personagens marcantes do Acre em espetáculo da Mostra Aldir Blanc

SAIBA MAIS

Notícias | 11/ 05/ 2021

Escola de Cinema de Vancouver reúne profissionais da área em evento virtual gratuito, a partir desta sexta (14)

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.