O Estrangeiro

Publicado em: 27/02/2012

Chega aos palcos do Teatro Cacilda Becker “O Estrangeiro”, adaptação de Morten Kirkskov para a obra do filósofo e escritor francês Albert Camus, encenada por Vera Holtz. Escrito em meados de 1940, em pleno auge da ascensão nazista, o texto tornou Camus um literato reconhecido na sociedade francesa.

 

O projeto para encenar o monólogo teve início na Dinamarca, onde o ator Guilherme Leme e a diretora Vera Holtz conheceram a versão de Morten. “Ele já tinha montado a peça e me deu a sua adaptação para ler. Eu já gostava do livro e fiquei encantado com a possibilidade de levar ‘O Estrangeiro’ aos palcos”, revela Leme.

 

Guilherme Leme em “O Estrangeiro” (Foto: Divulgação)

 

Sobre o espetáculo e as nuances da personagem, Leme se mostra bastante satisfeito. “Fazer uma personagem de Albert Camus marca um estágio de maturidade da minha carreira. Aos 50 anos de idade, sinto que não posso colocar toda minha experiência de teatro na peça, mas posso utilizar uma grande parte dela, o que me deixa, de certo modo, feliz.”

 

Além disso, o ator considera o caráter contestador da obra algo positivo para ser levado ao público. “Essa coisa de contestar no palco a existência de Deus e de sua onipotência é uma experiência válida para mim. Acredito que as pessoas devem ter por opção acreditar em Deus ou não.”

 

No enredo, Meursault, personagem interpretada por Leme, é uma pessoa feliz, cuja vida se pauta pela rotina do seu cotidiano. Porém, com a morte de sua mãe, ocorrem mudanças drásticas no seu modo de pensar e agir, que o levam a fazer uma reflexão mais profunda sobre a vida.

 

Traduzido para vários idiomas, “O Estrangeiro”, assim como toda a obra de Camus, contribuiu, segundo estudiosos, de forma significante ao absurdismo, corrente literária e filosófica que estabelece que os esforços realizados pelos seres humanos para encontrar o significado no universo sempre fracassarão, justamente por tal significado não existir. 

 

 

Serviço

“O Estrangeiro”

Quando: Até 4/3. Sextas e sábados, às 21h; domingos, às 19h 

Onde: Teatro Cacilda Becker 

Rua Tito, 295 – Vila Romana

Telefone: (11) 3864-4513

Ingressos: R$ 20

 

 

Texto: Victor Serrano

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS