Na Roosevelt, ‘Meninos Também Amam’ encerra temporada; outras duas peças seguem em cartaz

Publicado em: 12/04/2019

Cena do espetáculo ‘Meninos Também Amanhã’. Foto: Divulgação.

Na SP Escola de Teatro, a residência de “Meninos Também Amam”, d’A Inacabada Cia, chega ao fim neste fim de semana. A última apresentação do espetáculo acontece na próxima segunda-feira (15), às 21h. Já as montagens “Transamazônica” e “Príncipe Crioulo” são as outras duas peças em cartaz na sede Roosevelt da Instituição. Nos três espetáculos em temporada, temas como racismo, homofobia e abandono social são discutidos em cena.

TRANSAMAZÔNICA
A montagem, que tem direção de Rudinei Borges Dos Santos, narra a desventura de colonos, migrantes e indígenas que vivem às margens da BR-230, uma rodovia esquecida no coração da Amazônia.

Onde: SP Escola de Teatro, sede Roosevelt (Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação)
Quando: Sex, sáb. e seg, às 21h; dom, às 19h. De 22/3 a 22/4
Quanto: Entrada franca – ingressos distribuídos 1h antes do início do espetáculo
Duração: 60 minutos
Quantidade de lugares: 50 lugares
Classificação: 16 anos

PRÍNCIPE CRIOULO

Iniciando temporada, “Príncipe Crioulo”, que tem classificação livre, poderá ser vista todos os sábados do mês de abril, sempre às 16h. O espetáculo, que foi uma das atrações da programação da última edição das Satyrianas, no ano passado, é resultado de um experimento desenvolvido por estudantes e egressos dos cursos regulares da instituição.

No palco, a peça conta a história de Rafael, um jovem que foi transferido para escola onde a mãe trabalha. Em meio a um cenário de mudanças e novas perspectivas, ele passa a almejar o papel de príncipe na peça de fim de ano do colégio.

Depois de sofrer preconceito por parte de colegas e professores, Rafael acredita ser necessário raspar seus cabelos crespos para ser escolhido para dar vida ao personagem. A mãe do jovem, ao perceber o que acontece com o filho, procura ajudá-lo a entender a sua identidade racial ao mesmo tempo em que ela precisa rever a relação que construiu com os seus colegas de trabalho.

Onde: Sede Roosevelt. Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação
Quando: 6, 13, 20 e 27 de abril. Sab., às 16h.
Quanto: Pague quanto puder
Duração: 45 minutos
Quantidade de lugares: 50 lugares
Classificação: Livre

MENINOS TAMBÉM AMAM
Com apresentações entre sexta e segunda-feira, “Meninos Também Amam” permanece em residência até o dia 15 de abril. As sessões acontecem às 21h na sexta, no sábado e na segunda-feira (R$ 10), e às 19h no domingo (pague quanto puder).

Já “Transamazônica” tem apresentações nos mesmos dias e horários, mas com entradas gratuitas, com retiradas de ingressos uma hora antes do início de cada sessão.

Desde 2013 em circulação, a peça d’A Inacabada Cia. tem direção e dramaturgia cênica de Rafael Guerche e discute questões ligadas ao homoerotismo e à homofobia. Na montagem, atores homossexuais, que vivenciam diariamente essa violência social, compartilham, por meio do teatro e dança, suas vivências quanto às agressões vividas no dia a dia.

O espetáculo busca convidar o espectador a olhar para uma realidade omitida pelos meios de comunicação, mas presente diariamente em uma cidade como São Paulo, onde todos os dias acontecem ataques a homossexuais.

Onde: Sede Roosevelt. Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação
Quando: De 29 de março a 15 de abril. Sex., sáb. e seg., às 21h; dom., às 19h
Quanto: R$ 10 (sextas, sábados e domingos); pague quanto puder (segundas)
Duração: 50 minutos
Quantidade de lugares: 40 lugares
Classificação: 18 anos




Relacionadas:

Notícias | 19/ 11/ 2019

Olhares:  ex periência em e s tilha ç o s

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 11/ 2019

Leitura dramática “Guerra à la Carte”, acontece neste sábado (23)

SAIBA MAIS

Agenda | 19/ 11/ 2019

SP Escola de Teatro cria programação especial no mês da Consciência Negra

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign