Marco Ricca vive um homem à deriva em Lamento, longa de estreia de Diego Lopes e Claudio Bitencourt

Publicado em: 08/09/2021

Marco Ricca/Divulgação

Após ótima repercussão nos festivais de Nashville e de Brasília, o longa-metragem LAMENTO, dos estreantes diretores Diego Lopes e Claudio Bitencourt, chega aos cinemas . Estrelado por Marco Ricca, Veronica Rodrigues e Thayla Ayala, o filme foi indicado a Melhor Filme Estrangeiro no Festival de Burbank, na Califórnia, além de levar o prêmio do Público de melhor filme no Festival Katra Film Series, em Nova York . O projeto conta com a distribuição da Moro Filmes e produção da Oger Sepol Produções.

Marco Ricca encarna Elder, herdeiro de um hotel que já viveu seus dias de luxo e glamour, e hoje enfrenta uma grande decadência no alto dos seus cinquenta anos de idade: com uma crise financeira, pressão por parte de um grande grupo hoteleiro e a possibilidade de ser leiloado.

O caos na vida profissional é refletido em sua vida pessoal, onde ele encara uma crise que pode levar ao fim de seu casamento com Rosa, personagem de Veronica Rodrigues. Se tudo isso não bastasse, o protagonista ainda encara o vício em remédios, álcool e cocaína. Enfrentando seus demônios e colhendo frutos de suas ações desesperadas, ele ruma a uma jornada à deriva, em uma série de acontecimentos surpreendentes.

Estudantes e colaboradores da SP celebram início do semestre em conversa com Dani Ornellas e Jeferson De

Para o ator Marco Ricca, chega um momento onde não se sabe mais se o ator vive o real ou fruto de sua imaginação em um momento de desespero. “Você assiste à trajetória desse personagem indo por um movimento totalmente vertiginoso em relação à vida dele. Você nunca tem muita certeza de se o que ele está vivendo é real ou está num mundo próprio dele”, revela.

O filme chega em um caminho sem volta após a entrada de um homem e uma prostituta no hotel. A acompanhante é vivida por Thayla Ayala. O casal permanece no hotel por alguns dias e a partir daí, uma série de acontecimentos levam a trama para uma onda de suspense, mudando o rumo de todos os personagens e da trama, chegando a um caminho sem volta após o misterioso sumiço da garota de programa.

Thayla Ayala revela o desafio de encarar uma personagem tão enigmática e importante na trama. “A personagem trata de uma garota de programa com uma personalidade enigmática, nada decifrável, que desaparece de forma bem misteriosa. Ela é muito intensa, com uma personalidade de muitas camadas, de leitura difícil. Foi um trabalho muito desafiador, tudo muito denso, tenso e intenso”, afirma.

Por Rodrigo Barros




Relacionadas:

Notícias | 20/ 10/ 2021

SP Escola de Teatro convoca refugiados para vagas exclusivas no curso técnico

SAIBA MAIS

Notícias | 20/ 10/ 2021

Paulina Chiziane, escritora moçambicana, vence a 33.ª edição do Prêmio Camões de Literatura

SAIBA MAIS

Notícias | 20/ 10/ 2021

Série Grandes Atrizes: Fernanda Montenegro

SAIBA MAIS