InDica | O Livro de Itens do Paciente Estevão

Publicado em: 07/09/2012

Leonardo Medeiros, como o protagonista de “O Livro dos Itens do Paciente Estevão”, que a Sutil Companhia de Teatro estreia hoje (7), às 17h, no Sesc Belenzinho (Foto: Bruno Girello/Divulgação)


E hoje tem estreia teatral. E das boas! No palco do Sesc Belenzinho, às 17h, a consagrada Sutil Companhia de Teatro apresenta seu novo espetáculo: “O Livro dos Itens do Paciente Estevão”, com direção de Felipe Hirsch. No elenco, Guilherme Weber (co-fundador da Sutil), Leonardo Medeiros (antigo colaborador da companhia), Danilo Grangheia, Georgette Fadel, Isabel Teixeira, Márcio Vito, Maureen Miranda e Pedro Inoue.

A montagem é uma tragédia de humor sarcástico, sobre a condição inevitável e prescrita da mortalidade humana e nossos esforços desesperados para esquecê-la. O espetáculo foi concebido a partir dos estudos de “Estou te Escrevendo de Um País Distante”, do repertório do grupo, que, em 2012, completa 15 anos e que foi tese de doutorado da Professora Célia Arns de Miranda na Universidade de São Paulo.

Estevão é o nome do primeiro mártir do Cristianismo, morto por apedrejamento. Mas, de fato, não é o nome do anti-herói judeu desse novo espetáculo, criado pela Sutil e Sam Lipsyte (parceiro de Felipe Hirsch, Daniela Thomas e Will Eno, no filme “Insolação”).

Estevão é como ele passou a ser conhecido, depois de ser apresentado por seus sombrios médicos, para a mídia global, como um paciente terminal, com uma doença absolutamente original: especulações o apontaram como um possível portador de uma forma mortal de… tédio.

Rumo à extinção, Estevão busca uma cura. Estevão não quer morrer. Ex-marido, mau pai, empregado dos tentáculos corporativos, Estevão, um dia, irá morrer, só não sabemos quando, nem como. Diante dessa eventualidade, ele embarca numa odisséia, na qual revê o fracasso de seu casamento, a vida e morte de seu melhor amigo, sua filha internada numa escola para crianças sem afeto, seu vazio existencial e, ainda, pelo caminho, encontra uma esperança fugaz no Centro de Recuperação de Almas, comunidade fundada por um perverso terapeuta chamado Adolfo Henrique, que propaga sua doutrina baseada em processos experimentais que envolvem tortura e falsos renascimentos.

De lá, por fim, ele viaja pelo deserto até os estúdios de “Os Domínios”, um sucesso multimídia, ponta de um iceberg de investidores interessados em explorar as fronteiras entre a realidade e a ficção.

Ficha Técnica:
Direção geral: Felipe Hirsch

Cenografia: Daniela Thomas e Felipe Hirsch

Iluminação: Beto Bruel

Figurinos: Cassio Brasil

Trilha sonora: Felipe Hirsch

Concepção visual das personagens e design gráfico: Rafael Grampá

Direção de Produção: Luque Daltrozo

Elenco (ordem alfabética): Danilo Grangheia, Georgette Faddel, Guilherme Weber, Isabel Teixeira, Leonardo Medeiros, Márcio Vito, Maureen Miranda e Pedro Inoue

Participação: Raphael Rocha

Serviço
“O Livro de Itens do Paciente Estevão”

Estreia: Hoje (7 de setembro), às 17h

Quando: Sextas e sábados, às 18h; domingos e feriados, às 17h (não haverá espetáculo em 7 de outubro, em virtude das eleições e no dia 12 de outubro, a sessão será às 17h). Até 21 de outubro.

Onde: Sesc Belenzinho

Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho

Tel.: (11) 2076-9700

Ingressos: R$ 24 (inteira), R$ 12 (usuário matriculado no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 6 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

 

 

Texto: Majô Levenstein

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS