Cosmopolítica indígena

Publicado em: 17/09/2013

Spensy Pimentel foi o convidado de ontem (16) no ciclo de conferências que faz parte do projeto “Sonata fantasma bandeirante”, residência artística do dramaturgo e encenador de origem amazonense Francisco Carlos na SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

 

Graduado em Jornalismo pela USP, mestre e doutor em Antropologia Social pela FFLCH/USP e pesquisador do Centro de Estudos Ameríndios (Cesta, antigo NHII), Spensy falou sobre o tema “A palavra-ação sagrada: a voz política e os movimentos coletivos Guarani. Cosmopolítica indígena”. 

 

Spency durante a conferência (Foto: André Stéfano)

 

Antes disso, Danilo Silva Guimarães, professor doutor do Departamento de Psicologia Experimental do Instituto de Psicologia da USP e parceiro de Francisco Carlos no projeto, fez alguns comentários sobre a relação entre pessoas e cultura do âmbito da psicologia. 

 

Em sua fala, Spensy deu ênfase à representação do índio no imaginário popular, à importância de debater essas temáticas e as recentes manifestações coletivas indígenas, destacando recentes casos, como a concessão de Belo Monte e o anúncio de suicídio dos Guarani Kaiowá.

 

Eloisa Leão, que seria a outra convidada, não pôde comparecer por problemas de saúde.

 

A continuação do ciclo de conferências se dá na próxima segunda-feira (23), das 19h30 às 22h30, com Maria Inês falando sobre o tema “Ladeira Territórios, terra, mundo, espaço, migrações (mobilidade), míticas e o modo de ser Guarani”, e Clissia Morais sobre “Direção de arte em cinema e teatro indígena”.

 

Os encontros prosseguem nos dias 28 e 30 de setembro, acontecendo sempre na Sede Roosevelt da Escola, com entrada gratuita e aberta ao público.

 

 

Serviço

Ciclo de Palestras:

 

Dia 23 de setembro, das 19h30 às 22h30

Maria Inês Ladeira | Territórios, terra, mundo, espaço, migrações (mobilidade), míticas e o modo de ser Guarani.

Clissia Morais | Direção de arte em cinema e teatro indígena.

 

Dia 28 de setembro, das 12h30 às 14h30

Peter Pál Pelbart | Pensamentos e poéticas nômades e migrantes.

 

Dia 30 de setembro, das 19h30 às 22h30

Gianni Puzzo e Melina Bertholdo | Exibição do filme “Yvy Rupa – a terra é uma só! Visões Guarani da história da América”, de Jera Guarani e Gianni Puzzo, seguido por debate com os autores. 

 

Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

Praça Roosevelt, 210 – Consolação

Tel. (11) 3775-8600

Grátis

 

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS