Conheça o Spoilando a Peça, podcast sobre dramaturgas brasileiras

Publicado em: 01/05/2020

Para você que curte ouvir podcast, aí vai uma dica: todos os domingos, está disponível nas plataformas Spotify e Anchor episódios de Spoilando a Peça, programa que documenta a dramaturgia contemporânea brasileira feita por mulheres. O podcast gravado no estúdio da SP Escola de Teatro, em parceria com a instituição, convida autoras para falarem sobre suas obras, debatendo temas, concepção e resultados, com direito a um spoiler, como já diz o nome.

O projeto é idealizado, apresentado e roteirizado por Belise Mofeoli, estudante egressa de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, e conta com mais duas pessoas na equipe: Fábio Martins, editor do programa, compositor da trilha original e estudante de Sonoplastia da SP Escola de Teatro, e Luanda Morales, fotógrafa responsável pelo projeto.

“No mercado de trabalho, quantas vezes uma mulher negra como eu pode fazer algo tão autoral e com tantas vozes femininas vindas de existências tão diversas”, reflete Belise Mofeoli. Para ela, além de refletir sobre o teatro, escrita e criação, o espaço de diálogo somente entre mulheres é um pacto de apoio entre elas.

Clique para ouvir:

SHAKESPEARE

Na semana passada, disponibilizamos no Spotify o podcast “A lira e o Bardo”, lançado pela SP Escola de Teatro em 2014, em celebração aos 450 anos de William Shakespeare. O programa de seis episódios revisita a vida e a obra do dramaturgo inglês.

O podcast tem roteiro, direção, sonoplastia e traduções de Maurício Paroni de Castro e apresentação de Sylvia Soares, e faz uma viagem aos tempos elisabetanos. Abordando todo o desenvolvimento de sua obra, até a aplicação da mesma nos dias de hoje.

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).

#culturaemcasa #teatroemcasa



Relacionadas:

Notícias | 01/ 12/ 2021

Secretaria de Cultura abre inscrições de Edital para artistas interessados em promover formação artística!

SAIBA MAIS

Notícias | 30/ 11/ 2021

Dança é destaque no Festival Satyrianas 2021 que acontece nos palcos da unidade Roosevelt da SP

SAIBA MAIS

Notícias | 30/ 11/ 2021

SP Dramaturgias: leitura dramática de texto de Ewerton Frederico acontece na próxima quarta-feira, 8

SAIBA MAIS