EN | ES

Com egressos da SP Escola de Teatro, Palhaféricos debate palhaços negros

Publicado em: 27/07/2020

Quem são os negros que fizeram história na palhaçaria do Brasil? Essa pergunta fundamental é foco da turma do Palhaféricos, espetáculo e projeto cultural que propõe uma série de bate-papos, sempre às quintas, 20h, em seu Instagram.

Participam a cineasta Mariana Gabriel (23/7), o jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado (30/7) e o cantor e ator Maurício Tizumba ( 6/8), todos em bate-papos com o público sobre o protagonismo negro na palhaçaria.

O projeto Palhaféricos foi contemplado pelo programa VAI – Valorização de Iniciativas Culturais da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo e ainda prevê a realização de um espetáculo teatral, oficinas de palhaçaria e técnicas circenses, exibição do documentário “Minha avó era palhaço” e o lançamento de um canal no Youtube, mostrando o trabalho de jovens artistas periféricos e movimentos negros protagonistas de São Paulo.

Criado em um processo colaborativo, o espetáculo Palhaféricos, com direção de Sérgio Marques e Hugo Carvalho, ambos egressos da SP Escola de Teatro, é um cortejo cênico que resgata a trajetória de Benjamin de Oliveira e Maria Eliza Alves dos Reis, os primeiros palhaços negros brasileiros, entre outras figuras importantes para a comédia.

O elenco é composto por Jamile Nunes, Matheus França, Humberto Vicente, Letícia Tancredo e Willian Santana. Rodrigo Alcântara assina cenografia e figurinos.

https://www.instagram.com/p/B_il75Tnpzl/?utm_source=ig_web_copy_link

 

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).

#culturaemcasa #teatroemcasa

 




Relacionadas:

Notícias | 01/ 07/ 2022

Estudantes do curso técnico em teatro da SP apresentam a Mostra de Experimentos do 1º semestre de 2022

SAIBA MAIS

Notícias | 01/ 07/ 2022

Dinheiro Comunitário – A moeda que sobra para você é a que falta para alguém: saiba mais sobre a iniciativa!

SAIBA MAIS

Notícias | 01/ 07/ 2022

Agenda Cultural: As melhores dicas para o seu fim de semana!

SAIBA MAIS