Coluna de Sergio Zlotnic

Publicado em: 01/10/2012

 

Uma seção chamada Procon, dedicada a reclamações justas sobre fatos injustos; reflexões sobre a Língua Portuguesa; mais uma pitada da seção “sou contra”, sobre pessoas que irritam o colunista, além de um ensaio mínimo sobre a gripe povoam o texto que o psicanalista Sergio Zlotnic assina neste mês, aqui para o Portal da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

Como se não bastassem tantos assuntos, ele ainda comenta a “morte” de seu ombudsman. “Como suspeitávamos, o ombudsman desse espaço faleceu. Paciência e bola pra frente. Mas, com isso, você perde alguém que o defenda (e eu também). Na ausência dele (ou dela – nunca soubemos seu sexo), trato eu mesmo aqui de colocar limites com vistas ao bom convívio”, observa.

Interessado em ler a coluna na íntegra? Clique aqui.


 

Texto: Majô Levenstein

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS