Click! | ‘Não vejo Moscou da janela do meu quarto’

Publicado em: 25/06/2014

(Foto: André Stefano)

 

Anton Tchecov e Julio Cortázar dialogam e se entrelaçam no espetáculo “Não vejo Moscou da janela do meu quarto”, em cartaz na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Do primeiro, utilizou-se principalmente a peça “As três irmãs”, e de Cortázar, o texto “Casa tomada”.

 

Com direção e dramaturgia de Silvana Garcia, a montagem – que tem iluminação de Beto Bruel (Prêmio Shell de Melhor Iluminador em 2001, 2005 e 2008) – foi criada durante a residência artística que a teórica, ensaísta e professora cumpre na Escola desde dezembro do ano passado. A peça fica em cartaz até 27 de julho, com sessões aos  sábados e domingos.

 

Ambientada na década de 1950, “Não vejo Moscou da janela do meu quarto” traz a história de três irmãos que vivem o cotidiano confinados em uma casa que aos poucos vai sendo tomada por algo ou alguém que não se revela, ao mesmo tempo em que anseiam por uma viagem a Moscou, um lugar cada vez mais distante e desterritorializado. 

 

De acordo com a diretora, “o processo de isolamento acompanha a deterioração de suas relações – provocando um deslocamento da ação para um registro de irrealidade, humor e suspensão poética”. A peça tem Maria Tuca Fanchin, Sol Faganello e Leonardo Devitto no elenco. Eles vivem os irmãos Irina, Macha e Andrei, que têm seus desejos de ir a Moscou freados por algo maior.

 

A foto da Click! de hoje foi feita por André Stefano na estreia da montagem na Escola. Saiba mais sobre o espetáculo.

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Click! | 15/ 07/ 2015

Click | Movimento na SP Escola de Teatro

SAIBA MAIS

Click! | 17/ 06/ 2015

Click | Experimento Verde

SAIBA MAIS

Click! | 21/ 05/ 2015

Click! | Uma conversa com Raquel Rolnik

SAIBA MAIS