Bate-papo online com Verônica Tamaoki: ‘Memória do circo’

Publicado em: 23/07/2014

 

“Memória do circo” é o tema do bate-papo online promovido pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco nesta quinta-feira (24), das 16h às 17h, aqui no portal, com participação de Verônica Tamaoki, fundadora do Centro de Memória do Circo – CMC.

 

Participar do encontro virtual é muito simples: basta acessar www.spescoladeteatro.org.br na data e horário marcados.

 

Sobre a participante

Verônica estudou e graduaou se em artes circenses em 1982, pela primeira escola de circo do Brasil, a Academia Piolin de Artes Circenses. Como equilibrista e malabarista, se apresentou em circos, teatros, eventos, festivais, e criou o grupo Tapete Mágico. Em 1985, fundou, com Anselmo Serrat, a Escola Picolino de Artes do Circo, em Salvador, na qual desempenhou o papel de professora e diretora até 1990. Na primeira metade dos anos 90 participou, como atriz e diretora de cena, das montagens do Teatro Oficina: “As boas”, de Jean Genet, “Mistérios gozosos”, de Oswald de Andrade, e “Taniko, o rito do vale”, de Zenchiku, sob a direção de José Celso Martinez Correa.

 

Em parceria com Roger Avanzi, o palhaço Picolino, e com apoio do Instituto Lina Bo e PM Bardi, e do Fundo Nacional de Cultura, realizou a pesquisa “Circo Nerino” (1996-1998), que, entre outras criações, resultou, em 1997, numa parceria com a produtora ARTE 3, o evento “Circo Nerino”, no Sesc Pompéia. Na virada do século, o editor Massao Ohno publicou romance de sua autoria “O fantasma do circo”. Em 2004 o livro “Circo Nerino”, de sua autoria com Roger Avanzi, é publicado pelo selo Pindorama Circus e editora Codex, e é indicado pelo Prêmio Jabuti na categoria reportagem e biografia.

 

Em 2006 foi curadora da ala “circo” da exposição “Brasil de Pierre Verger” no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. Também foi curadora da exposição “Circo Nerino”, apresentada, entre 2006 e 2008, na Caixa Cultural de São Paulo, Brasilia e Salvador. Em 2008 foi responsável pela pesquisa e curadoria da exposição “Largo do Paissandu, onde o circo se encontra”. Em 2008, convidada pelo Secretário Municipal de Cultura de São Paulo, Carlos Augusto Calil, iniciou processo de criação e implantação da primeira instituição brasileira consagrada exclusivamente à memória do circo, o Centro de Memória do Circo, vinculado ao Departamento do Patrimônio Histórico, da Secretaria  de Cultura, da Prefeitura Municipal de São Paulo. Em 2013 foi agraciada com o prêmio Governador do Estado de São Paulo, voto popular, categoria circo, pela curadoria da exposição “Hoje tem espetáculo!”.

 

Serviço

Bate-papo online com Verônica Tamaoki

Tema: “Memória do circo”

Quando: Quinta-feira (24/7), das 16h às 17h

Onde: www.spescoladeteatro.org.br

Relacionadas:

Bate-Papo Online | 22/ 06/ 2017

Lucienne Guedes participa do Bate-Papo Online desta quinta (22)

SAIBA MAIS

Bate-Papo Online | 23/ 06/ 2015

Bate-Papo Online com José Cetra Filho

SAIBA MAIS

Bate-Papo Online | 27/ 05/ 2015

Bate-Papo Online com Silvana Garcia

SAIBA MAIS