EN | ES

Bate-papo online com Lu Lopes (Palhaça Rubra): A arte da palhaçaria hoje

Publicado em: 14/10/2014

O bate-papo online promovido pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco nesta semana será dedicado à arte da palhaçaria. A convidada para a conversa, realizada na quinta-feira (16), das 16h às 17h, aqui no portal, é Lu Lopes, a Palhaça Rubra.

 

Na conversa, ela falará, entre outros temas, sobre a palhaçaria atualmente. Participar do encontro virtual é muito simples: basta acessar www.spescoladeteatro.org.br na data e horário marcados.

 

Palhaça Rubra (Foto: Arquivo pessoal)

 

Sobre a participante

Além de palhaça, Lu Lopes é compositora, cantora e multi-instrumentista. Foi indicada para o Prêmio Governador do Estado 2012 na categoria circo. Atualmente assume a criação e direção geral dos espetáculos musicais da Palhaça Rubra Ilimitada Produções Artísticas Ltda.

 

No repertório e em circulação estão os espetáculos: “Rubra pop show”, “Show de variedades da mesma coisa”, “Rubra natalino”, “A quadrilha da rubra”, “O carnaval da rubra”, “Banda gigante”, “Chick show”, “Escalafobética”, “Criaturas” e “Desmiolações”. Os trabalhos se norteiam com a palhaçaria, música e o improviso, e Lu Lopes, além de atuar, compõe parte das músicas.

 

Criadora e integrante da Banda Gigante junto com Marco Gonçalves e Eugênio La Salvia. A Banda Gigante tem três espetáculos no repertório: “Fazendo um som…”, “Sortido…” e “Movimenta o C.E.L.E.B.R.O…”. Este último lançou o primeiro CD independente com a participação especial de Arnaldo Antunes e Barbatuques, Guga Stroeter e tem a direção musical de Arto Lindsay.

 

Trabalhou uma década como arte-educadora (professora de teatro) na Casa do Teatro, desenvolvendo uma linguagem musical para o teatro e no Teatro-Escola Célia Helena como assistente de direção, professora de voz, de corpo e de capoeira.

 

Fez parte dos Doutores da Alegria, como palhaça dentro dos hospitais, pesquisando o palhaço musical durante 5 anos. Realizou, com mais cinco palhaças, “As fulanas”, um movimento de interatividade dentro das oficinas de trabalho por meio do improviso com as presidiárias do Carandiru.

 

Também escreve livros infanto-juvenis, tendo cinco editados: “Tô com frio na barriga!”, “Tô na tua!”, “É namoro ou amizade?”, e, atualmente, “Criaturas… Seres que se transmutaram dissolvendo as coisas” e “Desmiolações”, pela editora SESI.

 

Desde 2002 desenvolve uma pesquisa como contadora de histórias, voltada para a cultura familiar envolvendo a linguagem musical e o método da improvisação. Esta pesquisa itinerante passou pelo circuito SESC e a Mostra Latinidades, completando um primeiro ciclo de pesquisa no SESC Santo Amaro, com o espetáculo “Uma história numa história”.

 

Assume a direção do grupo circense NaMakaca, no espetáculo “Zé Preguiça”, contemplado com o prêmio de melhor montagem no Edital da Cultura Inglesa.

 

Participou da equipe de artistas do projeto “Brincadeiras de papel”, o espetáculo “A banda” e da Companhia Nova Dança 4, todos dirigidos por Cristiane Paoli Quito. Mais informações em seu site oficial: www.palhacarubra.com.br

 

Serviço

Bate-papo online com Lu Lopes (Palhaça Rubra)

Tema: “A arte da palhaçaria hoje”

Quando: Quinta-feira (16/10), das 16h às 17h

Onde: www.spescoladeteatro.org.br

Relacionadas:

Bate-Papo Online | 22/ 06/ 2017

Lucienne Guedes participa do Bate-Papo Online desta quinta (22)

SAIBA MAIS

Notícias | 23/ 06/ 2015

Bate-Papo Online com José Cetra Filho

SAIBA MAIS

Bate-Papo Online | 27/ 05/ 2015

Bate-Papo Online com Silvana Garcia

SAIBA MAIS