EN | ES

Bate-papo online com Antonio Salvador: o espetáculo ‘Karamázov’

Publicado em: 03/12/2014

O ator Antonio Salvador é o convidado do bate-papo online promovido pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco nesta quinta-feira (4), das 16h às 17h, aqui no portal. 

 

O tema do encontro virtual é a criação do espetáculo “Karamázov”, da Cia da Memória, com direção de Ruy Cortez e dramaturgia de Luis Alberto de Abreu, em que Antonio atua. 

 

Dividida em três partes, que podem ser vistas de uma só vez ou em dias diferentes, a obra está em cartaz na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro até 15 dezembro.

 

“Uma anedota suja”, “Karamázov: Os irmãos” e “Karamázov: Os meninos” foram criados a partir das obras “Uma história lamentável” e “Os irmãos Karamázov”, de Fiódor Dostoiévski. As montagens formam um tríptico dramático em que a primeira história se apresenta como o embrião filosófico das outras duas. Entram em cena nos espetáculos os atores Antonio Salvador, Eduardo Osório, Marcos de Andrade, Ricardo Gelli, Jean Pierre Kaletrianos e Rafael Steinhauser.

 

Participar da conversa é muito simples: basta acessar www.spescoladeteatro.org.br na data e horário marcados.

 

Sobre o participante

Sul-matogrossense, Antonio é ator e pesquisador de teatro. Atualmente, atua no espetáculo “Karamázov”, da Companhia da Memória, com direção de Ruy Cortez. Desde 2003 é ator da Cia Teatro Balagan, atuando nos espetáculos “Tauromaquia”, “Západ – A tragédia do poder”, “Prometheus – A tragédia do fogo” e “Recusa”, todos dirigidos por Maria Thaís. Foi pesquisador também no projeto Do Inumano ao mais-Humano, em que, numa das etapas, estudou Tchecov com Jurij Alschitz.

 

Atuou em “Cassandra”, com direção de João das Neves. No Mato Grosso do Sul atuou em “A cartomante”, com direção de Emmanuel Marinho. Na televisão, em 2007, atuou no teleteatro “Os cegos”, dirigido por Maria Thaís, dentro do programa Direções, da TV Cultura. Graduou-se em Interpretação Teatral pela Unicamp em 2002 e concluiu o curso de pós-graduação Latu Sensu em arte-educação “A Linguagem das Artes” na USP em 2008. 

 

Trabalha na área da pedagogia teatral desde 2000, ministrando cursos, oficinas e workshops em São Paulo (interior e capital) e no Mato Grosso do Sul. Atualmente trabalha na ELT – Escola Livre de Teatro de Santo André. Também como preparador de atores, trabalhou em 2010 no espetáculo “Nomes do pai”, e em 2012 em “Yerma”, ambos dirigidos por Ruy Cortez em São Paulo. 

De 2007 a 2009 foi artista-orientador do Projeto Teatro Vocacional, da Prefeitura de São Paulo, e em 2009 foi orientador artístico no Projeto Ademar Guerra para grupos do interior do estado de São Paulo. Neste mesmo ano foi professor assistente da professora Maria Thaís na disciplina interpretação I na USP e, em 2010 e 2011, seu assistente no projeto pedagógico Atuantes e Criadores: Uma Perspectiva Brasileira, voltado a jovens atores, realizado pelo Núcleo Experimental de Teatro do Sesi-SP. Em 2013 e 2014 ministrou a oficina “O ator narrador”, pelo projeto “Graus da representação: a personagem, o narrador e a persona”, coordenado por Miriam Rinaldi também no Núcleo Experimental de Teatro do Sesi-SP.

 

Assina a direção de atores do curta-metragem “Assim falavam dois perdidos”, em 2003. Foi bolsista da Funarte em “Produção Crítica em Culturas Tradicionais”, onde registrou em monografia a brincadeira do Toro Candil no Mato Grosso do Sul. Em 2012, junto com Eduardo Okamoto, recebeu o Prêmio APCA por sua atuação em “Recusa”. Pelo mesmo espetáculo, também foram indicados aos Prêmios Shell de Teatro e Cooperativa Paulista de Teatro.

 

Serviço

Bate-papo online com Antonio Salvador 

Tema: “A criação do espetáculo Karamázov”

Quando: Quinta-feira (04/12), das 16h às 17h

Onde: www.spescoladeteatro.org.br

Relacionadas:

Bate-Papo Online | 22/ 06/ 2017

Lucienne Guedes participa do Bate-Papo Online desta quinta (22)

SAIBA MAIS

Bate-Papo Online | 23/ 06/ 2015

Bate-Papo Online com José Cetra Filho

SAIBA MAIS

Bate-Papo Online | 27/ 05/ 2015

Bate-Papo Online com Silvana Garcia

SAIBA MAIS