‘Auto da compadecida’, de Suassuna, inspirou o primeiro Experimento da SP Escola de Teatro

Publicado em: 24/07/2014

Em 2010, no primeiro semestre de aulas da SP Escola de Teatro – Centro das Artes do Palco, os aprendizes estudaram os elementos do realismo. Em maio daquele ano, eles se reuniram em oito grupos para o primeiro Experimento da Escola.

 

Assim, nos dias 21 e 22 de maio, os aprendizes surpreenderam a plateia lotada do Teatro Aliança Francesa com a apresentação de fragmentos das peças: “O cerejal”, de Anton Tchekhov; “Navalha na carne”, de Plínio Marcos; “O inspetor geral”, de Gógol; “Tartufo”, de Molière; “O inimigo do povo”, de Henrik Ibsen; “O noviço”, de Martins Pena; “O telescópio”, de Jorge Andrade; e “Auto da compadecida”, de Ariano Suassuna.

 

Fragmento de “Auto da compadecida” (Foto: Arquivo SP Escola de Teatro)

 

Veja em nossa Galeria Multimídia as fotos do Experimento do núcleo 2, que levou ao palco sua criação inspirada na obra mais conhecida de Suassuna, que morreu ontem (23), no Recife, colocando fim a uma bela trajetória movida pela paixão pelas letras e pelo Nordeste. Neste triste mês, a literatura brasileira também perdeu João Ubaldo Ribeiro e Rubem Alves.

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS