Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Aulas, aulas e… mais aulas

Publicado em: 03/07/2012

O departamento de Extensão da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco deu início, só nesta semana, a três cursos, na sede Roosevelt da Instituição. 

 

Na manhã da segunda-feira (2), a crítica de artes visuais, curadora e orientadora Angélica de Moraes inaugurou seu curso de “História da Arte”. Em 16 aulas, que vão até 26 de julho, o aluno irá se aproximar da fruição da obra de arte produzida na atualidade, aprendendo ferramentas teóricas e práticas de percepção e análise das poéticas visuais e sua interseção com as linguagens cênicas (especialmente a performance e a body art ou arte do corpo). Estreante na Escola, Angélica de Moraes já percorreu o País levando seu amplo conhecimento sobre o assunto às mais diversas paragens. “Por causa dessas aulas, acabei indo a Palmas de Tocantins, um lugar que eu jamais pensei em conhecer”, diz a professora. 

 

 Primeira aula de História da Arte (Foto: Arquivo SP Escola de Teatro)

Em sua sala de aula, aqui na SP Escola de Teatro, há desde atores até advogados, passando por arquitetos, psicólogos e aprendizes da Instituição. “Sou professora de história, mas, na minha formação, sinto que há uma lacuna sobre a História da Arte. Aqui, pretendo preencher esse vazio”, diz Fernanda Lima, que estava animada com o primeiro dia de aula.

 

Já na terça-feira (3), foi dado o pontapé inicial para o curso “Dublagem: Conteúdo e Estratégias II”. Os estudos começaram pela manhã, na sede da Roosevelt, e serão ministrados pelo ator e diretor artístico Hebert Richers Jr. Durante 15 aulas, os alunos vão explorar técnicas de narração e voice over. Essa continuação do primeiro módulo vai exercitar a dublagem de obras latinas e orientais. “Vamos estudar produções em chinês, japonês, sueco e espanhol. Para esses idiomas, o mais importante é compreender a musicalidade de cada língua”, explica Richers.

 

O aluno Laércio Guanaes cursou o primeiro módulo e segue com expectativa para as próximas aulas. “Na etapa anterior, estudamos teoria e observação. Agora vamos nos aprofundar em linguagens mais difíceis, como o chinês. Estou ansioso para ir ao estúdio, ou seja, chegou a hora da prática.”

 

Eudosia Quinteiro ministrando a primeira aula de seu curso, “A Fala na Cena” (Foto: Arquivo SP Escola de Teatro)

 

À tarde, foi a vez do curso “A Fala na Cena”. Aqui, o aprendizado será compartilhado pela atriz, diretora, escritora e fonoaudióloga Eudosia Quinteiro. A professora é Mestre e Doutora pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), além de consultora de Telemarketing e Comunicação Empresarial e assessora em Rádio e Televisão.

 

Até 27 de julho, os alunos irão aprimorar as potencialidades sonoras e aprender a utilizar a respiração e o corpo na expansão vocal. “Vamos trabalhar respiração, emissão e projeção da voz. Além disso, a divisão de texto do autor para a criação de personagem. Uma criação que passa por uma pesquisa sonora”, diz Eudosia. A turma é variada, vinda das mais diversas partes do País, como Pernambuco, Rio Grande do Sul, além de reunir alunos cujas profissões não são, diretamente, ligadas às artes. Eudosia acredita que esse conjunto vai acrescentar ao aprendizado. “Eu acho sempre muito rica essa diversidade. Tantos sotaques e experiências diferentes. Tenho certeza de que as aulas serão muito produtivas”, termina.

 

Texto: Leandro Nunes e Majô Levenstein

Relacionadas:

Uncategorised | 16/ 12/ 2021

16 de dezembro é dia do Teatro Amador: Conheça mais sobre essa importante prática cultural brasileira!

SAIBA MAIS

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS