Augusto Boal, criador do Teatro do Oprimido, completaria 90 anos nesta terça-feira, 16

Publicado em: 16/03/2021

Augusto Boal/Divulgação

Nesta terça-feira, 16, o dramaturgo e teatrólogo Augusto Boal completaria 90 anos de idade. Infelizmente, ele faleceu em 2009 por insuficiência respiratória, enquanto tratava uma leucemia.

Embaixador Mundial do Teatro pela Unesco e grande líder do Teatro de Arena de São Paulo nos anos 1960, ele é até hoje um dos nomes mais importantes das artes cênicas brasileira, sendo o criador do Teatro do Oprimido.

Ponto | O coringa na manga de Augusto Boal

Desenvolvido nos anos 1970, este método e modelo cênico-pedagógico tem como objetivo a conscientização social.

De acordo com o próprio Boal, o Teatro do Oprimido pretende transformar o espectador, com o recurso da quarta parede, em sujeito atuante, transformador da ação dramática que lhe é apresentada, de forma que esse passe a protagonizar e transformar a mesma.

Hoje, ele é mundialmente conhecido e se tornou referência em todas as escolas de artes dramáticas.

Para celebrar a data, o Instituto Augusto Boal lançou em seu canal do Youtube um programa especial com trechos de entrevistas, depoimentos e conferências ao redor do mundo em que o teatrólogo aparece e também pesquisadores e colegas.

Confira!




Relacionadas:

Notícias | 27/ 10/ 2021

Miguel Arcanjo Prado e Ellen de Paula debatem sobre a 3ª edição do Festival Dona Ruth em live transmitida pela SP

SAIBA MAIS

Notícias | 27/ 10/ 2021

“Acervo da biblioteca da SP é fundamental para pesquisadores de dramaturgia brasileira”, afirma Luiz Campos, doutorando da Unesp

SAIBA MAIS

Notícias | 27/ 10/ 2021

O que é complicação?

SAIBA MAIS