Aprendizes do Módulo Verde mostram personagens e conflitos em experimentos cênicos

Publicado em: 14/03/2016

por Joaquim Gama
Coordenador pedagógico da SP Escola de Teatro

 

As aberturas das salas de trabalho do primeiro Experimento do Módulo Verde ocorreram no último sábado, das 10h às 18h. Segundo a coordenadora do Curso Regular de Dramaturgia, Marici Salomão, nesses experimentos foram analisadas a criação de personagens, suas características individuais, polaridades (tendências opostas entre elas) e a divisão das cenas em três partes.

 

Os conflitos, na maior parte das cenas, foram apontados, não desenvolvidos. Dessa maneira, as investigações cênicas tiveram como foco a quebra de equilíbrio das relações entre personagens (ESTASE).  

 

Os textos dramatúrgicos, a partir do álbum musical “A Mulher do Fim do Mundo”, de Elza Soares, deveriam responder a seis perguntas básicas: O QUE, QUEM, QUANDO, ONDE, COMO e POR QUÊ?”

 

 

No Experimento 1, houve a primeira aproximação dos núcleos com os fundamentos do Módulo: Eixo (personagem/conflito), Operador (Chimamanda Adichie), Material e Artista-pedagoga (Stef Smith). Portanto, as apreciações foram dirigidas às potencialidades das cenas e aos possíveis desdobramentos para a investigação do Experimento 2.

 

Foi um sábado produtivo, no qual revelou-se a importância do trabalho coletivo e o comprometimento dos aprendizes com a sala de ensaio e as proposições teatrais deste semestre.  

 

Teremos muitos desafios até o fim do semestre…

 

Veja algumas fotos da primeira abertura de experimentos do Módulo Verde 2016

Relacionadas:

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS