Aprendizes de dramaturgia realizam leituras dramáticas de seus textos

Publicado em: 16/12/2013

Após um longo semestre de pesquisa e produção, os aprendizes de Dramaturgia da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco compartilham com o público alguns de seus textos em leituras dramáticas. Gratuias e abertas ao público, elas serão realizadas na Sede Roosevelt da Instituição nesta semana.

 

SP Dramaturgias (Foto: André Stéfano)

 

Confira, abaixo, a ficha técnica de cada uma delas:

 


Dia 17/12 – 18h30

Texto: Restos

Dramaturga: Mariana de Menezes

Sinopse: “Restos” busca trazer a ausência ao presente, mas a voz que se desenha no espaço já tem sua lembrança decomposta no tempo. 

Sonoplastia: Carlos Ronchi

Elenco: Cristiano Alfer e Mariana de Menezes

 

Dia 17/12 – 19h30

Texto: Otto

Sinopse: Um homem prisioneiro de sua alienação recebe a visita de um estranho em sua casa. A presença desse desconhecido altera sua rotina e, aos poucos, reverbera um lado seu que até então não conhecia. 

Dramaturgo: Marco Keppler

Direção: Aline Negra Silva

Iluminação: Rodrigo Campos

Cenografia e Figurino: Bruna Priscila Saraiva

Operador de Audivisual: Bruno Nicoletti

Elenco: Fernanda Otaviano, Juan Manuel Tellategui e Tadeu Ibarra

 

Dia 17/12 – 21h

Texto: Habeas Porcus

Sinopse: Pode um torturador ficar traumatizado com seus próprios atos?

Dramaturgo: Lucas Venturin            

Direção: Adriana Lobo

Sonoplastia: Vitor Monaco

Elenco: Isabela Delambert, Cristiano Alfer e Gutho Vieira

 

Dia 18/12 – 19h30

Texto: O Rio do Tempo

Sinopse: Em 1950, a jovem Clarice segue para o Rio de Janeiro, com o sonho de se tornar artista-dançarina. Para corrigir os seus pés defeituosos, ela consegue a ajuda de ninguém menos que o então presidente da época: o Sr. Eurico Gaspar Dutra.

Dramaturgo: Victor Hugo Valois

Direção: Fernando Neves

Cenografia / Figurinos: Francine Fernandes

Iluminação: Damaris Pietra

So noplastia: Victor Hugo Valois

Elenco: Anah Laise, Bruna de Moraes, Débora Ribeiro, Damaris Pietra e Mayra Terzian

 

Dia 18/12 – 21h

Texto: Contra o Jazz

Dramaturga: Viviane Roesil

Sinopse: Jovem músico é reverenciado pela crítica e idolatrado pelos fãs. Durante uma entrevista, tem expostos seus meios nada convencionais de composição, e acaba mostrando que toda sua inspiração surge de forma cruel.

Direção: Victor Hugo Valois

Elenco: Asnésio Bosnic, Stella Menz, Anah Laise e Juan Manuel Tellategui

 

Dia 19/12 – 18h30

Texto: ENTRENóS

Sinopse: Três jogadores em uma mesa de pôquer expõe ao público os desafios de contar uma história.

Dramaturgo: Jairo C. Alves

Direção: Paulo Araújo

Sonoplastia: Rafael Batata

Elenco: Filipe P. e Herácliton Caleb

 

Dia 19/12 – 19h30

Texto: Falo Azul

Sinopse: No que a condição de deportado gay singulariza a miséria humana a que é submetido um homem na guerra? Ora inimiga, ora aliada, a memória parece ser o único horizonte na tentativa desse personagem em entender a sua própria trajetória na busca de si mesmo. Uma dramaturgia que arrisca diante do indizível feito testemunho a partir da história real de um homossexual que, sobrevivente a um campo de concentração, se dá conta a cada dia que a batalha não acabou. Ainda há de sobreviver a toda uma sociedade.

Dramaturga: Débora Brenga

Direção: Josias Padilha

Sonoplastia: Carlos Ronchi e Lutz Gallmeister

Animação: Adams Carvalho

Vídeo: Olivia Brenga

Elenco: Thiago Montenegro, Arthur Martinez, Bruna Potenza, Débora Brenga, Filipe P., Marcus Mazieri, Vana Medeiros e Véver Bertucci

 

Dia 19/12 – 21h

Texto: Os Olhos de Jocasta

Sinopse: Uma reinvenção do clássico “Édipo Rei” a partir do olhar da mulher. Enquanto Édipo, sob uma perspectiva contemporânea, apresenta-se como o homem-quântico em atrito com o homem-animal, Jocasta apresenta-se escancarando e concretizando aquilo que, na mulher, é considerado mistério e abstração. Os choques e os impasses trágicos da relação entre os dois fazem objetos inanimados gritarem, corpos humanos se despedaçarem, e a cidade estremecer.

Dramaturga: Heloísa Cardoso

Direção: Heloísa Cardoso

Cenografia / Figurino: Maria Isabela

Iluminação: Adriana Marques

Sonoplastia: Juliana R.

Elenco: Carolina Splendore, Adada Padilha, Fernanda Otaviano, Fernando Vasques, Rodrigo Mazzoni, Zé Motta e Diana 

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS